Um fórum de RPG interpretativo com tema futurista, livre para quem se interessar e que utiliza de um sistema simples para que qualquer jogador possa entender.
 
InícioCalendárioFAQBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se

Compartilhe
 

 Desenterrando Memórias.

Ir em baixo 
Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4  Seguinte
AutorMensagem
Frederick Jafari M’Cormak

Frederick Jafari M’Cormak

Mensagens : 103
Data de inscrição : 09/02/2019

Desenterrando Memórias. - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: Desenterrando Memórias.   Desenterrando Memórias. - Página 2 I_icon_minitimeTer Fev 12, 2019 9:46 am

— Tranquilo! Marcamos sim! Deve ter alguma loja nova no shopping, comprar algumas coisas. Eu com certeza não vou ficar muito aqui não — dizia, logo que chegava na bifurcação que separava as nossas rotas: a saída e o caminho da ronda deles.

— Me passem os contatos de vocês, vou botar na agenda digital — agora estava parado, tentando forçar a parada deles. Queria realmente mantê-los por perto antes de sair.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
SIDA
Admin
SIDA

Mensagens : 913
Data de inscrição : 29/07/2015

Database
HP:
Desenterrando Memórias. - Página 2 Left_bar_bleue1/1Desenterrando Memórias. - Página 2 Empty_bar_bleue  (1/1)
EP:
Desenterrando Memórias. - Página 2 Left_bar_bleue1/1Desenterrando Memórias. - Página 2 Empty_bar_bleue  (1/1)
EXP:
Desenterrando Memórias. - Página 2 Left_bar_bleue1/1Desenterrando Memórias. - Página 2 Empty_bar_bleue  (1/1)

Desenterrando Memórias. - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: Desenterrando Memórias.   Desenterrando Memórias. - Página 2 I_icon_minitimeTer Fev 12, 2019 3:13 pm

— Eu deixo uma anotação lá no seu armário! — Exclama Loli enquanto é puxado pelo parceiro que evidentemente tem pressa para realizar a tarefa como todo bom soldado orgulhoso. — Ah, tenta não se envolver com aquela coisa chamada horynium. Se te oferecerem, dá no pé!

Ainda é dia e o movimento nas ruas é grande. Passada a situação fora do usual, as pessoas do quartel já se acostumam melhor com a presença de Frederick e já passam por este sem encará-lo, mas ainda têm receio de se comunicar.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://greyage.forumeiros.com
Frederick Jafari M’Cormak

Frederick Jafari M’Cormak

Mensagens : 103
Data de inscrição : 09/02/2019

Desenterrando Memórias. - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: Desenterrando Memórias.   Desenterrando Memórias. - Página 2 I_icon_minitimeTer Fev 12, 2019 3:19 pm

— Tranquilo, valeu! — falava, ao se despedir.

Logo que saiu do quartel, foi em direção ao shopping mais próximo que havia. Não ligava de andar, queria ver como estava a cidade.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
SIDA
Admin
SIDA

Mensagens : 913
Data de inscrição : 29/07/2015

Database
HP:
Desenterrando Memórias. - Página 2 Left_bar_bleue1/1Desenterrando Memórias. - Página 2 Empty_bar_bleue  (1/1)
EP:
Desenterrando Memórias. - Página 2 Left_bar_bleue1/1Desenterrando Memórias. - Página 2 Empty_bar_bleue  (1/1)
EXP:
Desenterrando Memórias. - Página 2 Left_bar_bleue1/1Desenterrando Memórias. - Página 2 Empty_bar_bleue  (1/1)

Desenterrando Memórias. - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: Desenterrando Memórias.   Desenterrando Memórias. - Página 2 I_icon_minitimeTer Fev 12, 2019 11:33 pm

O fluxo de pessoas, apesar de constante, é bem menor do que o usual de uma metrópole tão grande. Em visitas anteriores, Frederick provavelmente já teria visto uma diversidade racial muito maior, e muito mais público caminhando pelas largas ruas de Gradopolis. Todo aquele movimento, porém, dá lugar a um maior tráfego de veículos tanto terrestres como aéreos e intensas patrulhas militares.

As ameaças terroristas parecem ter afetado os civis que escondem-se em suas casas ou se expõe menos ao utilizar transportes, e isso reflete-se nos shoppings que dessa vez estão muito mais vazios do que o habitual. Os complexos gigantescos dignos de uma cidade que abriga todas as raças da galáxia nunca estiveram tão desérticos.

Apesar disso, negócios estão definitivamente abertos. Isso porquê os funcionários de alguns comercio, especialmente os de Gradopolis, são quase todos robôs bem-programados. As poucas pessoas que tomam tempo para comprar realizam rápidas transações com a ajuda destes.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://greyage.forumeiros.com
Frederick Jafari M’Cormak

Frederick Jafari M’Cormak

Mensagens : 103
Data de inscrição : 09/02/2019

Desenterrando Memórias. - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: Desenterrando Memórias.   Desenterrando Memórias. - Página 2 I_icon_minitimeQua Fev 13, 2019 4:51 pm

Ele estranhava de início a falta de pessoas nas ruas, contudo, em poucos pensamentos admitiu que isto ocorreria com facilidade em poucos tempos. Conforme a luta da Aliança se torna mais forte, a Resistência reage da mesma forma. Guerras de ideologia nunca acabam e dificilmente um lado é apagado totalmente; uma área sempre vai acabar sendo afetada mais do que outras, e nada mais óbvio de que a área mais afetada ser o polo da Aliança.
Assim, como era de esperar, estava com fome. Fazia tempos que não comia qualquer coisa saborosa sem testar com gosto de lata e frio. Olhou em volta, a procura de indicações para a praça de alimentação e assim que achou foi logo em direção.

— Com licença, pode me ver o duplo bacon 2 por 15; aquele ali da promoção — dizia ele, ao chegar no seu restaurante de hamburguer favorito. Era o que mais lembrava a Terra, já que foi uma das franquias que se popularizou pela galáxia quando os terráqueos acharam o Acelerador. Ele apontava para o cardápio holográfico que mostrava a promoção que se mantinha há séculos.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
SIDA
Admin
SIDA

Mensagens : 913
Data de inscrição : 29/07/2015

Database
HP:
Desenterrando Memórias. - Página 2 Left_bar_bleue1/1Desenterrando Memórias. - Página 2 Empty_bar_bleue  (1/1)
EP:
Desenterrando Memórias. - Página 2 Left_bar_bleue1/1Desenterrando Memórias. - Página 2 Empty_bar_bleue  (1/1)
EXP:
Desenterrando Memórias. - Página 2 Left_bar_bleue1/1Desenterrando Memórias. - Página 2 Empty_bar_bleue  (1/1)

Desenterrando Memórias. - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: Desenterrando Memórias.   Desenterrando Memórias. - Página 2 I_icon_minitimeQua Fev 13, 2019 6:37 pm

A voz do homem em meio ao local completamente deserto e silencioso ecoa, já dentro do restaurante. O movimento por ali parece estar realmente fraco nos últimos tempos, embora o local seja comumente frequentado por jovens e famílias, aquelas com crianças que só estão realmente interessadas nos brindes dos lanches. Com toda a conturbação recente em Gradopolis, os consumidores não devem se sentir muito seguros nem mesmo para comprar comida.

Por alguns instantes, Frederick não recebe resposta e não vê nenhum atendente por trás do enorme balcão. Antes que vá embora, entretanto, ele pode ouvir o grunhido de uma cadeira. Aos poucos, uma mestiça idosa se levanta, com o semblante fechado. Ela tem fortes traços Haytok mas é menor do que um, ainda que seja considerada alta em comparação com as mulheres de outras raças, provavelmente sendo um de seus pais um humano.

Talvez ela não seja assim tão idosa realmente, mas é certamente bem mais velha do que qualquer Haytok que o homem já viu na vida, visto que nenhum deles sobrevive por tanto tempo em meio a tantas guerras diárias. Ela nada diz, apenas digita em um painel já um pouco antigo o pedido que lhe foi feito. A expressão denuncia o quanto odeia o seu trabalho, claramente. Além disso, só parece haver ela trabalhando ali. Não que o movimento peça mais algum funcionário. Ela tira os olhos do painel de HUD por um instante apenas para encarar o humano.

É... Quais eram os lanches mesmo? — Pergunta, com o tom bem mais alto do que qualquer pessoa consideraria educado falar. Talvez sua audição já não seja mais tão boa, por conta da idade. — Aceita adicionar batatas fritas e refrigerante com refil por dez créditos? — O texto está claramente decorado, e ela provavelmente diz isso bem mais vezes do que gostaria em um único dia.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://greyage.forumeiros.com
Frederick Jafari M’Cormak

Frederick Jafari M’Cormak

Mensagens : 103
Data de inscrição : 09/02/2019

Desenterrando Memórias. - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: Desenterrando Memórias.   Desenterrando Memórias. - Página 2 I_icon_minitimeQua Fev 13, 2019 6:41 pm

— É o duplo bacon 2 por 15 da promoção — dizia ele, calmamente, chegando mais perto — E sim, aceito. Obrigado.

Sua fala mostrava praticidade, denunciando o quão era comum ele lidar com pessoas e os mais velhos não fugiam desta parte. Ele tentava sempre lidar muito bem com todos, como aconteceu algumas horas atrás, onde reverteu seu ódio e preconceito em possíveis amizades.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
SIDA
Admin
SIDA

Mensagens : 913
Data de inscrição : 29/07/2015

Database
HP:
Desenterrando Memórias. - Página 2 Left_bar_bleue1/1Desenterrando Memórias. - Página 2 Empty_bar_bleue  (1/1)
EP:
Desenterrando Memórias. - Página 2 Left_bar_bleue1/1Desenterrando Memórias. - Página 2 Empty_bar_bleue  (1/1)
EXP:
Desenterrando Memórias. - Página 2 Left_bar_bleue1/1Desenterrando Memórias. - Página 2 Empty_bar_bleue  (1/1)

Desenterrando Memórias. - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: Desenterrando Memórias.   Desenterrando Memórias. - Página 2 I_icon_minitimeQua Fev 13, 2019 9:43 pm

A calma do homem claramente a surpreende, mas apenas isso não torna-a mais calma. A senhora assente com a cabeça, voltando-se ao painel de HUD e clicando no mesmo várias vezes desajeitadamente. Ela não parece saber bem o que está fazendo, e nem tenta escondê-lo. Todos sabem o quanto Haytoks rejeitam tecnologia, e só de estar dando uma chance ao painel e por estar trabalhando em um lugar como esse, está óbvio que apenas o faz por ser mestiça.

Merda, merda, merda... — Reclama, ainda tentando lidar com o equipamento. — Por que insistem nessa história de tecnologia? Não serve pra nada, só atrapalha. Você não acha menino?

Ela permanece focada em seu trabalho com a mesma expressão de frustração. E tenta uma, duas, três, quatro vezes. Quando ela não consegue finalizá-lo, bufa de raiva. E então entreabre a porta que leva à cozinha da hamburgueria e enfia brevemente sua cabeça lá, como se procurasse algo.

Ô JUNINHO, FAZ DUPLO BACON 2 POR 15 COM BATATA E REFRIGERANTE PRO MENINO! E VEM REGISTRAR ISSO AÍ PRA MIM QUE EU JÁ DISSE QUE NÃO QUERO MEXER NESSAS COISAS DE TECNOLOGIA QUE VOCÊS GOSTAM! — Ela grita ainda mais alto do que já fala normalmente, antes de sentar-se novamente na cadeira. — O Juninho vai trazer seu lanche já já, pode esperar numa mesa se quiser.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://greyage.forumeiros.com
Frederick Jafari M’Cormak

Frederick Jafari M’Cormak

Mensagens : 103
Data de inscrição : 09/02/2019

Desenterrando Memórias. - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: Desenterrando Memórias.   Desenterrando Memórias. - Página 2 I_icon_minitimeQua Fev 13, 2019 9:58 pm

— Haha, quer que eu digite, senhora? — dizia ele, paciente e benevolente — Essas tecnologias de hoje em dia são um saco mesmo, forçam em tudo pra tudo, né?! Haha! — ele ria, amigavelmente. Tinha achado a senhora uma fofa.

Contudo, se assusta repentinamente com o berro e cai em risada com isso. Por fim, apenas concorda com a cabeça, até se recuperar e "enxaguando" suas lágrimas.

— Vou esperar aqui mesmo, já fiquei muito tempo sentado nestes meses, hahaha... — sua risada era a personificação do ditado de sorrir ao mundo para o mundo sorrir contigo. Estava claramente desapontado com algumas coisas, mas sabia omitir em piadas de humor negro.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
SIDA
Admin
SIDA

Mensagens : 913
Data de inscrição : 29/07/2015

Database
HP:
Desenterrando Memórias. - Página 2 Left_bar_bleue1/1Desenterrando Memórias. - Página 2 Empty_bar_bleue  (1/1)
EP:
Desenterrando Memórias. - Página 2 Left_bar_bleue1/1Desenterrando Memórias. - Página 2 Empty_bar_bleue  (1/1)
EXP:
Desenterrando Memórias. - Página 2 Left_bar_bleue1/1Desenterrando Memórias. - Página 2 Empty_bar_bleue  (1/1)

Desenterrando Memórias. - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: Desenterrando Memórias.   Desenterrando Memórias. - Página 2 I_icon_minitimeQui Fev 14, 2019 4:17 pm

Não se preocupa não, meu filho. O Juninho já tá vindo e ele arruma. Ele já gosta de mexer nesses negócio complicado mesmo, não tem problema não. — Ela comenta, tentando esticar as costas doloridas e já um pouco corcundas pela idade avançada. — Ufa, finalmente alguém que me entende. Presta pra nada esses troço aí, né?

Apesar de ser ranzinza e não muito aberta à modernidade, principalmente por conta de sua raça, Frederick consegue tirar um sorriso da senhora. E logo o sorriso se transforma em um riso de verdade, rouco e alto, fazendo com que a mulher finalmente se descontraia um pouco.

Nem me diga, menino, nem me diga... Eu mal aguento ficar de pé ultimamente!


A porta da cozinha é finalmente aberta, revelando um menininho atrapalhado com uma bandeja onde leva os lanches. Ele parece ter no máximo 15 anos, e aparenta ter algum parentesco com a mulher. Seus traços são bastante humanos, mas tem algumas leves características de Haytok e é muito mais baixo do que é considerado comum na sua idade.

A tarefa de abrir a porta e não derrubar o refrigerante dentro do copo parece o maior desafio de sua vida com toda a certeza, considerando toda a concentração que ele parece colocar na tarefa. A risada da mulher, entretanto, faz com que ele se desconcentre e quase caia no meio do processo. Com dificuldade, ele chega no balcão para deixar a bandeja.

— Desculpe a demora, espero que os lanches estejam corretos. É que eu comecei esses dias e... — Ele ajeita seus óculos e vira-se para encarar a mulher. — Vovó, a senhora está bem? Eu nunca a vi rir assim...
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://greyage.forumeiros.com
Frederick Jafari M’Cormak

Frederick Jafari M’Cormak

Mensagens : 103
Data de inscrição : 09/02/2019

Desenterrando Memórias. - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: Desenterrando Memórias.   Desenterrando Memórias. - Página 2 I_icon_minitimeQui Fev 14, 2019 6:38 pm

Ele acompanhava o sorriso e a risada da senhora, tentando-a manter entretida. Pessoas que eram obrigadas a se manter no mesmo lugar por motivos externos, mesmo não gostando do trabalho lhe lembravam sua família; em como eles devotaram sua vida para ajudar ambos filhos.

— Tudo bem, não se preocupe — assim que pôde, tentou ajudar a segurar a bandeja. Em seguida, ligou seu HUD cerebral e olhou para a caixa, transferindo os créditos necessário para pagar.

Continuava rindo, tentando manter o clima ameno, mas esperou um tempo para ver o que acontecia entre os parentes. Pareciam próximos, mas não conheciam todo o "livro" da pessoa.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
SIDA
Admin
SIDA

Mensagens : 913
Data de inscrição : 29/07/2015

Database
HP:
Desenterrando Memórias. - Página 2 Left_bar_bleue1/1Desenterrando Memórias. - Página 2 Empty_bar_bleue  (1/1)
EP:
Desenterrando Memórias. - Página 2 Left_bar_bleue1/1Desenterrando Memórias. - Página 2 Empty_bar_bleue  (1/1)
EXP:
Desenterrando Memórias. - Página 2 Left_bar_bleue1/1Desenterrando Memórias. - Página 2 Empty_bar_bleue  (1/1)

Desenterrando Memórias. - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: Desenterrando Memórias.   Desenterrando Memórias. - Página 2 I_icon_minitimeSex Fev 15, 2019 3:54 pm

O menino deixa que Frederick pegue a bandeja e se dirige ao painel de HUD onde a avó estava tentando anteriormente registrar o pedido para ele mesmo fazê-lo. Após poucos segundos a tarefa já está completa, enquanto os créditos necessários para a compra dos alimentos é transferido com sucesso.

Ô Juninho, um dia você vai saber como é ter a minha idade... Pra vocês jovens essa tecnologia parece tão divertida, mas no meu tempo era muito diferente, viu? — A idosa comenta com o menino e então volta seu olhar para o homem novamente. — Viu só como o menino termina rápido, meu filho? O Juninho queria entrar nesses curso de tecnologia porque ele gosta muito dessas coisa, mas não conseguiu ainda. Aí ele veio trabalhar aqui pra conseguir estudar direito, né? — A voz rouca da mulher diz, olhando para o neto com carinho embora não pareça demonstrar isso com frequência.

Juninho encara brevemente a avó com um pouco de vergonha, mas logo o desvia e voltar-se para o homem sem olhá-lo diretamente. A pele clara enrubesce com os comentários da idosa diante do cliente, sempre o fazendo passar vergonha.

Obrigado senhor, bom apetite e volte sempre. — E vira-se para a mulher novamente. — Vovó, já pedi pra não ficar falando essas coisas na frente das pessoas... — Cochicha para evitar chamar a atenção de Frederick, mas ele ainda assim consegue ouvir pela distância em que está,
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://greyage.forumeiros.com
Frederick Jafari M’Cormak

Frederick Jafari M’Cormak

Mensagens : 103
Data de inscrição : 09/02/2019

Desenterrando Memórias. - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: Desenterrando Memórias.   Desenterrando Memórias. - Página 2 I_icon_minitimeSex Fev 15, 2019 4:09 pm

— Haha, sério?! Informática esses tempos é um assunto sério, tudo e todos se envolvem nela. Mas, é um assunto bem interessante — respondia ele à senhora, com um sorriso no rosto. Estava contente que, em pouco tempo, havia encontrado uma criança com um sonho e gostaria de que aquele sonho fosse realmente tentado. É triste quando você conhece a galáxia, pois você vê muito mais desistência do que sucesso.

Então, ele pegou a bandeja de vez e começou a se ajeitar para ir até a mesa mais próxima. Contudo, ouviu as tentativas de cochichos do garoto e ficou empolgado em tentar ajudá-lo. Não queria que ele tivesse vergonha de gritar ao mundo o que vai querer, mas também não queria que ele tivesse tanta empolgação que na primeira queda o salto doesse demais.

— Mas, ei — se referia agora ao garoto, antes de se virar — te digo que vai ser difícil. É uma galáxia de competições, então tem que levar a sério, ok? — parecia um pai, ou melhor, um irmão mais velho tentando ajudar com sermões duros mas disfarçados de leves.

Ele começa a ir em direção a mesa para comer os dois hambúrgueres, enquanto termina de falar:

— E tem que se orgulhar, hein!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
SIDA
Admin
SIDA

Mensagens : 913
Data de inscrição : 29/07/2015

Database
HP:
Desenterrando Memórias. - Página 2 Left_bar_bleue1/1Desenterrando Memórias. - Página 2 Empty_bar_bleue  (1/1)
EP:
Desenterrando Memórias. - Página 2 Left_bar_bleue1/1Desenterrando Memórias. - Página 2 Empty_bar_bleue  (1/1)
EXP:
Desenterrando Memórias. - Página 2 Left_bar_bleue1/1Desenterrando Memórias. - Página 2 Empty_bar_bleue  (1/1)

Desenterrando Memórias. - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: Desenterrando Memórias.   Desenterrando Memórias. - Página 2 I_icon_minitimeSex Fev 15, 2019 5:16 pm

Sim, senhor. — O menino assente para o homem com um sorriso tímido no rosto enquanto o mesmo vai na direção da mesma com seus lanches.

Viu, Juninho?! Precisa se esforçar menino, não pode ficar de madrugada só jogando esses seus joguinho não. Se não vai fazer sanduíche pro resto da vida, tá bom?! Liga a televisão ali pra vovó vai, to cansada de ficar olhando pras paredes. — Frederick pode ouvi-la facilmente pelo tom alto com o qual a mulher fala.

Assim que o menino liga o aparelho, entretanto, a mulher fica finalmente quieta, parecendo entretida com alguma coisa finalmente. O homem pode notar ainda que distante, que o programa ao qual a mestiça assiste trata-se de um filme de época e de guerra. Provavelmente os gostos vem de sua origem Haytok, ou a traz lembranças de seus parentes.

_________________
Desenterrando Memórias. - Página 2 AjarGracefulAmphiuma-size_restricted
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://greyage.forumeiros.com
Ariete

Ariete

Mensagens : 173
Data de inscrição : 19/08/2018

Desenterrando Memórias. - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: Desenterrando Memórias.   Desenterrando Memórias. - Página 2 I_icon_minitimeSex Fev 15, 2019 5:20 pm



Como todo bom espaço luxuoso, o shopping central de Gradopolis é quase que inteiramente recoberto por um vidro resistente e, ainda assim, fino a ponto de dar uma sensação de que não há nada separando os visitantes e o exterior. Daquela maneira, o céu nublado que preenche as tardes do planeta-natal dos Garesianos é companheiro de Frederick durante seu almoço.

Pessoas vêm e vão - a maior parte em família, curtindo um feriado que não é de maneira nenhuma interrompida pelo medo crescente de novos ataques terroristas. As pessoas que passeiam pelo shopping acharam que nenhum mal as atingiria numa tarde tão tranquila - mas estavam erradas.

Um soldado treinado costuma ter uma visão muito boa, e isso provavelmente não é diferente para Frederick. A maior parte dos civis, porém, mantêm-se ocupados com suas conversas casuais ou com o entretenimento que buscam no centro de compras. Ocupados o suficiente para não reparar no clarão focalizado que rasga as nuvens de Gradopolis e desce furiosamente em direção ao maior shopping da maior metrópole da galáxia.

Desenterrando Memórias. - Página 2 LameLikelyHippopotamus-size_restricted
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Frederick Jafari M’Cormak

Frederick Jafari M’Cormak

Mensagens : 103
Data de inscrição : 09/02/2019

Desenterrando Memórias. - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: Desenterrando Memórias.   Desenterrando Memórias. - Página 2 I_icon_minitimeSex Fev 15, 2019 5:43 pm

Ele via o clarão no mesmo momento em que olhava para cima enquanto o barulho característico do fim do refrigerante soava. Sua cabeça que estava prestes a ficar pensativa teve um toque de adrenalina repentino. O brilho não era comum, naves não faziam aquilo; era claramente algo perigoso, seja um míssil, uma bomba, ou algo do tipo.
Se levantando com certa urgência, mas não desesperador e indo até a direção do balcão novamente, disse:

— Com licença. Agradeço pelo ótimo atendimento, mas tenho que pedir para vocês me acompanharem. Tentem não fazer muito alarde, porque também preciso da ajuda de vocês — ele dizia calmamente, numa postura que assegurava a guarda. Era claramente um soldado — Parece que um míssil está caindo na gente, preciso de vocês para me ajudar a evacuar todo o shopping e é claro.

Sabia que isto iria ser repentino, mas como não conseguiu calcular o quão rápido o míssil estava vindo, não sabia quanto tempo tinha, então teve que cuspir todo o conhecimento que tinha para tentar agilizar o processo. Mesmo assim, esticou a mão para a velha Haytok enquanto levantava o balcão para ela passar.
Enquanto falava, olhava a todo momento para cima, tentando sempre recalcular o tempo e rota.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
SIDA
Admin
SIDA

Mensagens : 913
Data de inscrição : 29/07/2015

Database
HP:
Desenterrando Memórias. - Página 2 Left_bar_bleue1/1Desenterrando Memórias. - Página 2 Empty_bar_bleue  (1/1)
EP:
Desenterrando Memórias. - Página 2 Left_bar_bleue1/1Desenterrando Memórias. - Página 2 Empty_bar_bleue  (1/1)
EXP:
Desenterrando Memórias. - Página 2 Left_bar_bleue1/1Desenterrando Memórias. - Página 2 Empty_bar_bleue  (1/1)

Desenterrando Memórias. - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: Desenterrando Memórias.   Desenterrando Memórias. - Página 2 I_icon_minitimeSex Fev 15, 2019 6:18 pm

A mulher nada parece notar, completamente entretida com o filme que assiste. O neto, já focado em seu próprio technophone de modelo ultrapassado também nada percebe de diferente. Ao chamado de Frederick, entretanto, ele guarda rapidamente o aparelho, preocupado. Como é de se esperar, é claro, por conta de todos os ocorridos recentes. Ele então desliga o aparelho de televisão, fazendo com que a avó obviamente reclame.

Mas que porra, já falei pra não desligar a TV assim Juninh... — Começa, mas é logo interrompida pelo puxão pelo braço de seu neto.

Fica quieta, vovó. O homem parece saber o que tá fazendo, é melhor a gente aceitar o que ele diz.


A mulher o segue e ambos param logo atrás de onde o soldado se encontra, aguardando por ordens. Ela tenta falar mais baixo, embora não consiga fazê-lo muito bem, para seguir o que lhe foi dito.

Ô menino, o que é que tá acontecendo? E o que a gente vai tê que fazer, hein? — Pergunta num tom que pareceria um sussurro para a audição debilitada dela, embora para qualquer outra pessoa pareça um volume normal.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://greyage.forumeiros.com
Frederick Jafari M’Cormak

Frederick Jafari M’Cormak

Mensagens : 103
Data de inscrição : 09/02/2019

Desenterrando Memórias. - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: Desenterrando Memórias.   Desenterrando Memórias. - Página 2 I_icon_minitimeSex Fev 15, 2019 6:30 pm

— Vocês trabalham aqui, então preciso da ajuda de vocês sobre a melhor forma de mobilizar todos aqui dentro. O bom é que, pelo menos, muitos aqui são robôs, haha! — ele brincava no final, tentando manter uma situação morna, não queria nada muito tenso. Civis tensos fazem mais merda que novatos.

— Não quero que as saídas sejam bloqueadas e também não sei se há algum robô que aja como um guarda aqui, vocês irão me guiar e eu vou ajudar no que puder. Mas, entendam, precisa ser rápido e isso não quer dizer que tem que ser espalhafatoso, vamos todos ajudar um ao outro, assim ninguém se atrapalha. Espero que tenham entendido, haha. Faz tempo que não lido com civis, desculpem-me qualquer coisa — dizia ele, tentando ser o mais calmo e vagaroso possível dentro da situação.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
SIDA
Admin
SIDA

Mensagens : 913
Data de inscrição : 29/07/2015

Database
HP:
Desenterrando Memórias. - Página 2 Left_bar_bleue1/1Desenterrando Memórias. - Página 2 Empty_bar_bleue  (1/1)
EP:
Desenterrando Memórias. - Página 2 Left_bar_bleue1/1Desenterrando Memórias. - Página 2 Empty_bar_bleue  (1/1)
EXP:
Desenterrando Memórias. - Página 2 Left_bar_bleue1/1Desenterrando Memórias. - Página 2 Empty_bar_bleue  (1/1)

Desenterrando Memórias. - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: Desenterrando Memórias.   Desenterrando Memórias. - Página 2 I_icon_minitimeSex Fev 15, 2019 7:47 pm

A idosa parece um tanto confusa com toda a situação, enquanto o neto permanece pensativo. Ele está juntando todas as informações pedidas pelo soldado, aparentemente. O garoto aproxima-se um pouco do homem para não precisar gritar e chamar atenção desnecessária.

Acredito que no final desse mesmo corredor haja uma sala onde são feitos os anúncios no shopping, dessa maneira seria possível avisar a todos de uma vez. — Informa, quase na forma de um cochicho. — E sim, senhor. Há alguns robôs usados para a segurança do shopping.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://greyage.forumeiros.com
Frederick Jafari M’Cormak

Frederick Jafari M’Cormak

Mensagens : 103
Data de inscrição : 09/02/2019

Desenterrando Memórias. - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: Desenterrando Memórias.   Desenterrando Memórias. - Página 2 I_icon_minitimeSex Fev 15, 2019 7:59 pm

— Então, você vai até os anúncios e os modifica para falar sobre o míssil. Eu e a senhora vamos até os robôs para ativá-los. Você tem algum dispositivo de comunicação? Assim eu linko com o meu e podemos continuar conversando — dizia ele, rapidamente montando a estratégia e já agilizando os movimentos e olhando em volta procurando os robôs.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Ariete

Ariete

Mensagens : 173
Data de inscrição : 19/08/2018

Desenterrando Memórias. - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: Desenterrando Memórias.   Desenterrando Memórias. - Página 2 I_icon_minitimeSex Fev 15, 2019 8:32 pm

O míssil avança numa velocidade incomparável com qualquer outro explosivo que Frederick já tenha visto. Além de rápido, ele foi capaz de passar totalmente despercebido pelo sistema anti-aéreo de Gradopolis, que obviamente é muito bem configurado e feito com tecnologia de ponta.

A coloração, a velocidade e o fato de furar qualquer bloqueio da segurança de SIDA denunciam que aquele é mais um dos ataques terroristas da Datsu dos quais o soldado pode ter ouvido falar recentemente. Além disso, o alvo bate com locais comuns de ataque: grandes estruturas que tenham alguma importância ou valor simbólico para os Garesianos.

Não parece haver tempo para muita ação, visto que sua luz em breve chegará ao shopping. Frederick terá que escolher entre salvar seus recém-conhecidos e partir ou avisar a todos ao custo dos amigos que acabou de fazer, que estão inclusos em seu plano. Terá que fazer uma decisão.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
SIDA
Admin
SIDA

Mensagens : 913
Data de inscrição : 29/07/2015

Database
HP:
Desenterrando Memórias. - Página 2 Left_bar_bleue1/1Desenterrando Memórias. - Página 2 Empty_bar_bleue  (1/1)
EP:
Desenterrando Memórias. - Página 2 Left_bar_bleue1/1Desenterrando Memórias. - Página 2 Empty_bar_bleue  (1/1)
EXP:
Desenterrando Memórias. - Página 2 Left_bar_bleue1/1Desenterrando Memórias. - Página 2 Empty_bar_bleue  (1/1)

Desenterrando Memórias. - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: Desenterrando Memórias.   Desenterrando Memórias. - Página 2 I_icon_minitimeSex Fev 15, 2019 11:02 pm

Entendido. E tenho meu technophone, senhor. — Ele responde, apontando para o aparelho em seu bolso. — Acha que vai dar tempo de tirarmos todo daqui? — Pergunta, já próximo a porta e esperando a ordem para ir na direção da sala.

A expressão do menino revela o quanto está nervoso com a situação complicada, por mais que tente esconder. Já ficou morrendo de medo com o atentado sem nem mesmo poder estar presente durante o festival, tendo ficado trabalhando. Além disso, as únicas emoções de sua vida são aquelas que vê em seus videogames, vivida por seus personagens favoritos. Filetes de suor escorrem por seu rosto, afito.

Já a senhora, parece até emocionada com a situação. Talvez seu sangue Haytok que clame por ação há tanto tempo ou simplesmente a sua vida entediante. Ainda que tema pela vida de tantas pessoas, inclusive a sua própria como também a do neto, a idosa nunca pareceu ter visto tanta ação, nunca tendo visitado Jannu realmente. E é claro, é por esse motivo que ela continua viva.

Mas vamo logo, menino! Eu nasci pronta esperando pra ver uma coisa dessas acontecer! — Exclama, tentando manter o tom de voz num volume aceitável.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://greyage.forumeiros.com
Frederick Jafari M’Cormak

Frederick Jafari M’Cormak

Mensagens : 103
Data de inscrição : 09/02/2019

Desenterrando Memórias. - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: Desenterrando Memórias.   Desenterrando Memórias. - Página 2 I_icon_minitimeSex Fev 15, 2019 11:06 pm

Ele linkava com seu technophone e logo ligava para ele. Indicou com um movimento de mão para ele ir direto para lá, mas, vendo que não havia muito tempo, talvez nem precisasse que ele fosse lá.

— Tapem os ouvidos — falou ele e retirou sua Hemeor, atirando contra o robô mais próximo. Caso não acertasse de primeira, iria tentar de novo. De qualquer jeito, teria mirado de um jeito que não ocasionasse nenhuma bala perdida.

Sendo assim, acertando ou não, iria acionar o robô em seu máximo de segurança, provavelmente mandando todos evacuarem.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
SIDA
Admin
SIDA

Mensagens : 913
Data de inscrição : 29/07/2015

Database
HP:
Desenterrando Memórias. - Página 2 Left_bar_bleue1/1Desenterrando Memórias. - Página 2 Empty_bar_bleue  (1/1)
EP:
Desenterrando Memórias. - Página 2 Left_bar_bleue1/1Desenterrando Memórias. - Página 2 Empty_bar_bleue  (1/1)
EXP:
Desenterrando Memórias. - Página 2 Left_bar_bleue1/1Desenterrando Memórias. - Página 2 Empty_bar_bleue  (1/1)

Desenterrando Memórias. - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: Desenterrando Memórias.   Desenterrando Memórias. - Página 2 I_icon_minitimeSab Fev 16, 2019 8:38 pm

A cabeça do gentil robô que tem uma pintura que simula um smoking vira-se em 180º em direção a origem do disparo. Seu único olho de cor azulada pisca imediatamente numa cor vermelha, e todos os outros seguranças parecem fazer o mesmo em um alerta geral.

Um alarme alto soa no shopping inteiro e as paredes de vidro fecham-se num aço fortificado para conter a violência. Em poucos segundos, um caos se inicia conforme pessoas correm por todas as direções em busca de uma saída. Ao mesmo tempo, os robôs tentam alcançar Frederick para conter o possível assassino.

Antes que o telhado se feche, é possível vislumbrar com clareza o grande explosivo que se aproxima. Não têm formato cilíndrico como outros mísseis. Na verdade, é uma esfera gigantesca que parece até emitir luz. Se assemelha muito a uma estrela.

Desenterrando Memórias. - Página 2 9k=
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://greyage.forumeiros.com
Frederick Jafari M’Cormak

Frederick Jafari M’Cormak

Mensagens : 103
Data de inscrição : 09/02/2019

Desenterrando Memórias. - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: Desenterrando Memórias.   Desenterrando Memórias. - Página 2 I_icon_minitimeSab Fev 16, 2019 8:44 pm

— Corram, vocês dois, chamem todos para fugir daqui. Parece que os anúncios não vão precisar, mas corram — ele se abaixava enquanto dizia, estava largando a hemeor.

— Vão, eu vou ser escoltado pra fora pelos robô. Não se preocupem, foi planejado, haha! — terminava, agora levantando os braços e dando empurrãozinhos com o ombro na senhora. Neste momento, já esperava que o jovem estivesse correndo, nem que fosse pra buscar a velha.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Conteúdo patrocinado




Desenterrando Memórias. - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: Desenterrando Memórias.   Desenterrando Memórias. - Página 2 I_icon_minitime

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Desenterrando Memórias.
Voltar ao Topo 
Página 2 de 4Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4  Seguinte

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
A Era Cinzenta :: Zona RPG :: Campanhas pela Aliança-
Ir para: