Um fórum de RPG interpretativo com tema futurista, livre para quem se interessar e que utiliza de um sistema simples para que qualquer jogador possa entender.
 
InícioCalendárioFAQBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se

Compartilhe | 
 

 Sussurros na escuridão.

Ir em baixo 
AutorMensagem
SIDA
Admin
SIDA

Mensagens : 882
Data de inscrição : 29/07/2015

Database
HP:
1/1  (1/1)
EP:
1/1  (1/1)
EXP:
1/1  (1/1)

MensagemAssunto: Sussurros na escuridão.   Seg Jan 07, 2019 4:04 pm

A família está parcialmente unida novamente. A mãe, ao menos, é capaz de resgatar sua filha e sua nora que ainda são procuradas por colaborar com a causa rebelde durante o atentado. Ao mesmo tempo, o pai resgata o filho e, usando de sua influência e contando com a ajuda do pequeno robô de Wilhelm, é capaz de retirar as queixas de sua ficha criminal.

A chuva mais fina e serena combina com o momento mais pacífico, dando ao ambiente um ar de paz após uma longa tempestade que vem bem a calhar para todas ali. No dia seguinte haverá um congresso ao qual Soren foi convidado a atender, e Amëlie têm laços fortes com a gigantesca empresa de seu pai.

Apenas para quebrar o momento de reencontro. o technophone de Amëlie vibra, denunciando uma nova mensagem recebida. O remetente é um tesoureiro importante da empresa de robótica.

Al'ker escreveu:
Boa noite, Amëlie. Recebi um relatório no mínimo estranho agora mesmo que suas aparições com os mechas saíram na mídia. Todos os modelos e até mesmo protótipos no estoque foram vendidos em um só segundo, e aparentemente para o mesmo comprador.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://greyage.forumeiros.com
Amëlie;

Amëlie;

Mensagens : 13
Data de inscrição : 05/12/2018

MensagemAssunto: Re: Sussurros na escuridão.   Seg Jan 07, 2019 5:13 pm

Stellae, minha querida. — Um sorriso sereno abriu-se nos lábios de Amëlie ao ver a nora sair do prédio e aproximar-se lentamente. Havia parado no meio do caminho ao perceber que o MECHA apenas havia tremido um pouco; satisfeita. Claro que seu trabalho não seria derrubado tão facilmente. 

Os braços da mulher envolveram as duas garotas num abraço forte, os lábios depositando beijos suaves nas testas das meninas e os olhos azuis avaliavam ambas com cuidado, à procura de algum ferimento grave. Passado o susto e o pico de adrenalina, o cenho da Schwazdorn franziu-se. 


O que vocês duas estavam pensando?! — Começou, soltando-as do abraço e colocando as mãos na cintura — Vocês acham que é brincadeira, isso que fizeram?! Não é! Vocês poderiam ter morrido! É isso que querem?! Morrer?! — Ralhou, a cara de mal humor bem definida — Eu e o seu pai trabalhamos a porra do dia inteiro, para voltarmos pra casa e vermos nossos filhos cometendo atentados?! É isso?! Você quer que eu vá presa, Cold?! — Perguntou, e antes que pudesse continuar o sermão, sentiu o technophone no bolso vibrar. — Essa conversa não acabou. 

E virou-se de lado por um segundo. Tinha meia atenção para as meninas e meia atenção no aparelho. Novamente o cenho franziu-se profundamente, e um grunhido de raiva escapou-se dos lábios da mulher. 


Código:
"Bloqueie todas as vendas. Não autorizei nenhuma delas, e provavelmente foram soldados da Reconquista. Desative todos os protótipos e modelos prontos, e bloqueie qualquer interferência externa. Ative o sistema anti-hacking. Estarei chegando em breve." 



Vocês duas, entrem no mecha, agora. — Falou, apontando para o robô — Vou deixar as duas em casa. Deve ter toalhas secas lá dentro, sequem-se. Não as quero resfriadas. — Mandou, começando a caminhar em direção ao mecha — Eu avisei pra trazer o casaco. Eu falei pra trazer guarda-chuva porque ia chover. Agora vou ter que gastar dinheiro com xarope.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Colt Colddie

Colt Colddie

Mensagens : 37
Data de inscrição : 17/11/2018

Database
HP:
1/1  (1/1)
EP:
1/1  (1/1)
EXP:
200/300  (200/300)

MensagemAssunto: Re: Sussurros na escuridão.   Qua Jan 09, 2019 4:51 pm

Cold sentiu seu coração esquentar perante a demonstração de carinho de sua mãe, ainda que permanecesse inexpressiva enquanto acontecia. Para ela, agora estava tudo bem. Sentia que estava. Mesmo que provavelmente fosse levar alguns gritos dali a alguns segundos, estava tudo completamente bem a partir daquele momento.

Não, a Cold não quer que mamãe vá presa — Murmurrou baixinho, mexendo na barra do seu vestido que até então não notara estar completamente sujo de lama daquele planeta, encarando o chão. Na verdade, sua única preocupação no momento era quando ela iria poder pedir um novo videogame para jogar joguinhos, porque com ela brava daquele jeito obviamente não dar. Infelizmente. Talvez devesse pedir ao papai, mas talvez ele estivesse bravo também. Encarou com curiosidade a mulher pegar o telefone, imaginando que devia ser do trabalho. Sempre era.

Sua curiosidade, como qualquer sentimento, foi momentânea. Afirmou com cabeça ao ouvir a mulher manda-la ir para o mecha, andando calmamente na direção dele, imaginando que Stellae também devia estar vindo.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Stellae Dzerkin

Stellae Dzerkin

Mensagens : 25
Data de inscrição : 22/11/2018

Database
HP:
1/1  (1/1)
EP:
1/1  (1/1)
EXP:
180/300  (180/300)

MensagemAssunto: Re: Sussurros na escuridão.   Qua Jan 09, 2019 5:10 pm

Stellae ouvira o sermão sem sequer dizer uma palavra, pelo fato de não ter moral, então não tinha moral nenhuma para argumentar. Mas, ao menos, Cold não fora presa, e desde o começo sua intenção fora sempre protegê-la.
Mas, finalmente poderia voltar para casa, agora, e as coisas poderiam ser resolvidas com mais calma. Cold também precisava de uma conversa com seus pais no momento.
Se perguntava como Wilhelm estava agora, ou o que está fazendo, aquela situação toda a deixava um pouco apavorada e consequentemente, com saudades de uma das únicas pessoas que sempre a reconfortava nos piores momentos. Mesmo que não deixasse transparecer isso em sua face.
Seguiu a pequena em passos lentos e longínquos em direção ao mecha, silenciosa.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
SIDA
Admin
SIDA

Mensagens : 882
Data de inscrição : 29/07/2015

Database
HP:
1/1  (1/1)
EP:
1/1  (1/1)
EXP:
1/1  (1/1)

MensagemAssunto: Re: Sussurros na escuridão.   Qua Jan 09, 2019 11:13 pm

Al'ker escreveu:
Você tem certeza? Talvez seu pai fique zangado. Todas as transações parecem estar em legalidade e os mechas foram vendidos pelo valor justo.

Coisas estranhas parecem estar acontecendo nos últimos tempos. Ataques terroristas aconteceram na última noite, Cold e Stellae se envolveram em uma investigação criminal e Wilhelm foi procurado por suspeitas de envolvimento com os rebeldes. Como se isso não fosse estranho o suficiente, as duas garotas fugitivas podem observar uma manchete num telejornal, que é transmitivo num dos grandes outdoors holográficos da cidade.

Nele, testemunhas dizem que a oficial que Cold é suspeita de assassinar ligou para amigos e familiares, e aparentemente está bem.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://greyage.forumeiros.com
Amëlie;

Amëlie;

Mensagens : 13
Data de inscrição : 05/12/2018

MensagemAssunto: Re: Sussurros na escuridão.   Sex Jan 11, 2019 4:44 pm

Código:
Certeza absoluta. Meu pai não tem direito sobre esses robôs. Se algo sair de dentro dessa empresa, eu vou queimar tudo, e pode dizer para meu pai que não estou ameaçando em vão. 


Escreveu as palavras de forma apressada, enquanto largava o celular dentro do bolso e corria em direção das meninas, entrando dentro do MECHA e fazendo-as se acomodarem de forma segura no robô, entregando-as toalhas secas. 

Vamos para casa, certo? — Falou, logo assumindo a posição nos controles do gigantesco robô, olhando-as por cima do ombro — Enquanto vamos, me contem direito tudo o que aconteceu.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Colt Colddie

Colt Colddie

Mensagens : 37
Data de inscrição : 17/11/2018

Database
HP:
1/1  (1/1)
EP:
1/1  (1/1)
EXP:
200/300  (200/300)

MensagemAssunto: Re: Sussurros na escuridão.   Sex Jan 11, 2019 9:02 pm

Como era muito pequena, teve que se impulsionar para se jogar em cima da cadeira macia do mecha, ajeitando sua própria posição e colocando o cinto antes de pegar a toalha que sua mãe havia lhe oferecido, encarando-a por alguns segundos. Não parecia ter uso para Cold, que somente deixou o pano sob o seu colo, voltando sua atenção para a mulher a encontrar o seu rosto virado para si e para Stellae.

A Cold estava andando pela cidade, olhando as luzes e a festinha sozinha porque o Wil abandonou ela. Aí o joguinho da Cold começou a dar defeito e forças intergaláticas desconhecidas fizeram ele cair no chão e ele quebrou, até agora a Cold se pergunta como isso aconteceu, inclusive — Ela dizia tudo calma e continuamente, como se fosse a coisa mais normal do mundo. Chegava até a ser estranho porque ela continuava inexpressiva, sem conseguir expressar direito a grandeza dos fatos (não que, pra ela, importasse muito). — Então um moço estranho que era soldado da Aliança chegou na Cold e disse que a filhinha dele tava fazendo aniversário e que queria a ajuda da Cold pra fazer uma surpresa pra ela, e que era só a Cold desligar o gerador de energia que ele ia dar um dinherão pra ela.

A Cold, como é uma garota muito gentil e não fez só pelo dinheiro que ele ofereceu, foi ajudar o moço e fez o que ele disse. Só que quando a Cold chegou lá, tinha uma moça que tava meio morta, aquela lá que tava passando ali — Apontou para o outdoor. — Cheia de um coiso azul que a Cold não sabia o que era. Aí o moço que a Cold achava que era da aliança ameaçou ela, disse que se a Cold não fizesse ia acabar ficando que nem a moça, então a Cold pensou: se a Cold morrer igual essa moça, não vai ter como a Cold ganhar o dinh- voltar pra casa pra falar com a mamãe. Então, a Cold acabou ganhando muito dinheiro porque fez mas acabou começando uma coisa estranha, porque quando desligou o gerador tudo começou a fazer boom e a Cold teve que sair correndo com a moça morta. A Cold até mandou mensagem pro nii, mas ele não veio ajudar e acabou que a Stellae apareceu pra ajudar a Cold, então a Stellae desmaiou o policial chato e depois viram a raposa estranha, deixaram a mulher com ela e depois a mamãe veio resgatar a gente. Entendeu?

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Stellae Dzerkin

Stellae Dzerkin

Mensagens : 25
Data de inscrição : 22/11/2018

Database
HP:
1/1  (1/1)
EP:
1/1  (1/1)
EXP:
180/300  (180/300)

MensagemAssunto: Re: Sussurros na escuridão.   Sab Jan 12, 2019 1:12 pm

Segurou a toalha oferecida por Amélie, deslizando-a pelos cabelos molhados enquanto focava sua atenção na explicação tão esperada de tudo o que acontecera naquele dia tão... estranho, não pôde esconder que estava surpresa, seus lábios semi-abertos e as sobrancelhas arqueadas se direcionavam à pequena.
Menos mal, pensava consigo, não era culpa sua tudo aquilo. E no final das contas, todo aquele cheiro de podre durante a "aventura" valera a pena.

— Então era isso? — Sua atenção agora fora voltada para outdoor que Cold apontava, a oficial infectada parecia muito bem. Seus lábios se abriram mais ainda. — Eu nem acredito que ela ainda está viva.
Suspirou de imenso alívio, retirando as luvas negras e jogando-as em cima do banco que sentava.

— Não se meta nessas coisas, garota. Sua mãe deve já ter lhe dito pra não confiar em estranhos.

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
SIDA
Admin
SIDA

Mensagens : 882
Data de inscrição : 29/07/2015

Database
HP:
1/1  (1/1)
EP:
1/1  (1/1)
EXP:
1/1  (1/1)

MensagemAssunto: Re: Sussurros na escuridão.   Sab Jan 12, 2019 3:48 pm

A casa dos Schwarzdorn não está distante, e já é possível ter uma visão aérea desta. As três podem observar que a residência está iluminada e alguém está em casa, e através das janelas podem ver Wilhelm utilizando um netbook e falando ao telefone. Ämelie também pode reparar que recebeu uma mensagem em seu dispositivo móvel.

Wiru-kun para Amëlie escreveu:
Tem um empresário cuzão que comprou uns robôs seus e não quer pagar. Tá falando comigo pra ver se eu sou otário o suficiente de fazer outros pra ele.

A noite escura já beira a madrugada, mas isso é pouco perceptível por conta da forte luminosidade das ruas de Gradopolis, que parece nunca dormir. Mesmo a essa hora, Soren ainda não parece ter retornado.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://greyage.forumeiros.com
Amëlie;

Amëlie;

Mensagens : 13
Data de inscrição : 05/12/2018

MensagemAssunto: Re: Sussurros na escuridão.   Sab Jan 12, 2019 4:01 pm

Era incrível como o grande robô parecia ser feito para que o corpo de Amëlie se encaixasse neste de forma impecável e perfeita. Os movimentos do MECHA eram suaves contra o espaço e o céu da grande metrópole, e a Schwazdorn parecia extremamente concentrada e não muito contente com as falas da própria filha. Não se lembrava de tê-la criado de forma tão inconsequente, e muito menos de forma à garota tornar-se tão mesquina e interesseira quanto estava se mostrando; por isso, suspirou, olhando por cima do ombro para ambas as garotas. 

Cold, quantas vezes eu já lhe disse para não falar com quem você não conhece? E quantas vezes eu já lhe disse para não sair de casa sem seu irmão, e se caso acontecesse, era pra me contatar imediatamente? — Perguntou com severidade, porém, sem uma nota de irritação na voz — O que aconteceu hoje foi pura sorte, filha, e sorte não costuma ser tão frequente assim na vida. — Terminou com quase decepção na voz, os olhos se voltando para os controles do robô, avistando a grande rua que dava para a Residência Schwazdorn — Stellae, obrigada por cuidar da minha filha. Sei que não é sua obrigação, e mesmo assim o fez. Tem minha eterna gratidão. — Falou suave, sorrindo para a moça por cima do ombro. 

E o resto da viagem seguiu-se em silêncio por parte de Amëlie. Já podia avistar Wilhelm na janela quando o techno-fone começou a vibrar em forma de mensagem, o cenho franzido ao ler as palavras. 


Citação :
Estou chegando com Stellae e sua irmã. Segure-o na linha o máximo que puder e eu vou rastrear a ligação. 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
SIDA
Admin
SIDA

Mensagens : 882
Data de inscrição : 29/07/2015

Database
HP:
1/1  (1/1)
EP:
1/1  (1/1)
EXP:
1/1  (1/1)

MensagemAssunto: Re: Sussurros na escuridão.   Seg Jan 14, 2019 1:33 pm

Quando Ämelie chega em sua casa, ela está um verdadeiro caos. Absolutamente todos os eletrodomésticos estão empilhados na sala de estar e o robôzinho pessoal de Wilhelm está sozinho ao lado destes. Ainda no momento que ela chega na casa, pode ouvir a porta do quarto do filho mais velho bater.

No meio dessa bagunça toda, o telefone também está jogado e desligado - juntamente com peças robóticas de origem alienígena que estão quebradas e um pequeno modelo robótico leporídeo.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://greyage.forumeiros.com
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: Sussurros na escuridão.   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Sussurros na escuridão.
Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» Elemento Básico - Raiton (Raio)

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
A Era Cinzenta :: Zona RPG :: Campanhas livres-
Ir para: