Um fórum de RPG interpretativo com tema futurista, livre para quem se interessar e que utiliza de um sistema simples para que qualquer jogador possa entender.
 
InícioCalendárioFAQBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se

Compartilhe | 
 

 Aurora Boreal - Kayn

Ir em baixo 
Ir à página : Anterior  1, 2, 3  Seguinte
AutorMensagem
Charlotte

Charlotte

Mensagens : 55
Data de inscrição : 16/12/2018

MensagemAssunto: Re: Aurora Boreal - Kayn   Qua Dez 26, 2018 8:58 pm

Kayn riu com a descrição de Lotor e "seu pessoal". De fato, Kayn concordava que a raposa era uma pessoa bastante excêntrica, mas a moça, por sua vez, se considerava razoavelmente normal.

Após registrar o número de Tata, observou pela janela a alfândega, decidindo perguntar algo para Kylle antes de levar a mercadoria até eles:

"Há um tipo de inspeção aqui. Posso passar com a caixa por eles ou devo arrumar outra forma de entrar?"
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
SIDA
Admin
SIDA

Mensagens : 882
Data de inscrição : 29/07/2015

Database
HP:
1/1  (1/1)
EP:
1/1  (1/1)
EXP:
1/1  (1/1)

MensagemAssunto: Re: Aurora Boreal - Kayn   Qua Dez 26, 2018 9:11 pm

Como sempre, Kylle respondeu a mensagem prontamente. É evidente que ela monitora cautelosamente a missão de Dália e está bastante preocupada com o andamento dessa, o que reforça a dificuldade e importância daquela tarefa para a mulher.

"Não deixe-os pegar essa mercadoria de maneira alguma, procure uma alternativa. Você é um rapaz inteligente, tenho certeza de que vai conseguir."

É um dia frio em Marte, planeta que já costuma ser bastante gélido. A temperatura é de mais ou menso vinte graus Celsius negativos, ainda que pareça estar em meio a uma tarde. Uma pequena nuvem de pó de ferro vermelho paira pelo hangar, e muitos dos frequentadores mais antigos da colônia possuem uma proteção especial ou ao menos um tecido que cobre a região do nariz e da boca para evitar machucar as vias respiratórias ou orais.

O hangar está bastante movimentado por conta de um festival de música popular que acontecerá naquele dia. Por enquanto o movimento está controlado, mas provavelmente será impossível transitar ali pela noite. Por causa de tal evento, diversos representantes de muitas raças, alguns deles influentes e até famosos, podem estar presentes na plataforma.

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://greyage.forumeiros.com
Charlotte

Charlotte

Mensagens : 55
Data de inscrição : 16/12/2018

MensagemAssunto: Re: Aurora Boreal - Kayn   Qua Dez 26, 2018 9:57 pm

Observou o local com atenção, procurando os pontos cegos e menos movimentados da região. Se não poderia entrar pela frente, talvez por cima?

Esperava que desse certo para terminar logo aquele serviço.

Observando os arredores, podia perceber vários trailers estacionados, onde vários funcionários desciam instrumentos e as peças dos vestuários. Aproveitando a deixa entre a troca de turnos, pegou uma das fileiras móveis de roupa e foi até a ala dos funcionários com a caixa escondida entre as dezenas de vestidos chamativos, dignos de idols.

Apenas lembrava-se do nome de uma das cantores, afinal era uma das mais comentadas do momento: Amy.

Tentaria usá-la de bode expiatório caso questionassem sua presença.

Com um olhar sério, questionou uma das funcionárias com naturalidade enquanto carregava aquelas peças de roupa excêntricas:

- Vocês sabem se a senhorita Amy já está se preparando no camarim? Ela não está mais no trailer, então imagino que já tenha entrado para conhecer o local. É engraçado pensar em como alguém tão famosa como ela ainda fica nervosa antes de começar os shows, mas se ela se sente mais segura conhecendo o local de antemão, então eu ainda saio beneficiado com isso, já que implica numa apresentação mais natural. - E suspirou, demonstrando cansaço com a personalidade da moça. - Enfim, ela já foi para o camarim? Os garotos já trouxeram os instrumentos?
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
SIDA
Admin
SIDA

Mensagens : 882
Data de inscrição : 29/07/2015

Database
HP:
1/1  (1/1)
EP:
1/1  (1/1)
EXP:
1/1  (1/1)

MensagemAssunto: Re: Aurora Boreal - Kayn   Qui Dez 27, 2018 4:16 pm

No caminho, Dália pode esbarrar em uma ou duas pessoas apressadas que nem mesmo pararão para desculpar-se. O show será em algumas horas e todos estão muito apressados, uma vez que o evento será enorme e representará algo importante em Marte, a ascensão na economia a ponto de trazer um musical daquele porte.

Ao lado da porta da ala de funcionários, uma garota jovem fuma um cigarro enquanto ouve algo em fones de ouvido praticamente invisíveis. Quando Dália se aproxima ela relutantemente os remova, não escondendo nem um pouco a insatisfação em atendê-la.

Eu não faço a menor ideia da situação de Amy alguma. Pra mim essas músicas são todas um lixo. — Ela bufa, claramente uma das poucas insatisfeitas com o show. — Vocês deveriam ouvir mais ROCK PESADO. Mas enfim, você vai ter que se virar. Isso aqui está um caos e ninguém mais sabe de ninguém. De um jeito ou de outro, vai ter que passar pela entrada comum, aqui é só pra funcionários do maldito porto.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://greyage.forumeiros.com
Charlotte

Charlotte

Mensagens : 55
Data de inscrição : 16/12/2018

MensagemAssunto: Re: Aurora Boreal - Kayn   Qui Dez 27, 2018 6:35 pm

Suspirou, se perguntando se todo mundo naquele lugar era mal-educado. Sem saco para conversar, apenas se virou, deixando o local.

Parou duas crianças na rua, inclinando-se de maneira amistosa para ficar da altura delas.

- Vocês gostariam de ganhar cinquenta reais, cada um? - E mostrou o dinheiro. - Hoje é o aniversário da minha amiga, por isso estava pensando em fazer uma surpresa, mas para isso eu precisaria que vocês distraíssem e tirassem ela de lá para eu preparar a sala sem que ela tomasse conhecimento disso. - E apontou para a caixa escondida entre as roupas. - É coisa rápida, infelizmente ela ainda está no trabalho, então vou só deixar o presente lá e sair, dois minutos devem ser suficientes.

Tentaria entrar por lá. a não envolver a violência em um serviço desse cunho.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
SIDA
Admin
SIDA

Mensagens : 882
Data de inscrição : 29/07/2015

Database
HP:
1/1  (1/1)
EP:
1/1  (1/1)
EXP:
1/1  (1/1)

MensagemAssunto: Re: Aurora Boreal - Kayn   Sex Dez 28, 2018 4:24 pm

Os dois garotos são aparentemente gêmeos, e brincam entre si enquanto sua mãe provavelmente trata da bagagem, uma vez que a burocracia para esse tipo de coisa é enorme em Marte. Ambos são jovens, por volta de nove anos de idade cada, e tem aparência humana. Em resposta a Dália eles só se entreolham com um riso divertido.

A gente vai comprar o Super Dragon 1581k da Napo Robots!

Não, a gente vai comprar o Gigaranha 2 versão ultra mega fogo!

O Gigaranha não passa de um palhaço e você sabe disso. Quando foi se meter com o Super Dragon 1581k ele saiu cascado!

O Super Dragon parece gay, eu odeio ele.

Você tem razão.

Gigaranha então, fechado.

A gente tá dentro, moça. — Finaliza aquele que iniciou a breve discussão, estralando os dedos e pronto para a "ação".

A dupla, bastante hiperativa, corre imediatamente em direção a garota indicada por Dália, ansiosa para conseguir o dinheiro e comprar seus Super Dragons ou Gigaranhas. Distante da ação, a garota mal ouve o que dizem para ela, mas percebe que foi algo cruel quando a funcionária furiosamente lança seu cigarro ao chão e corre enfurecida em direção aos rapazes por todo o hangar.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://greyage.forumeiros.com
Charlotte

Charlotte

Mensagens : 55
Data de inscrição : 16/12/2018

MensagemAssunto: Re: Aurora Boreal - Kayn   Sex Dez 28, 2018 4:39 pm

Quando as crianças concordaram, Kayn entregou o dinheiro para ambas, já que não sabiam se teria a oportunidade de reencontrá-las posteriormente. Não era do tipo de quebrar promessas - o oposto de Lotor -, por isso já preferiu dar a recompensa para os gêmeos.

Quando a funcionária furiosamente correu atrás das crianças, Kayn aproveitou para entrar pela ala dos funcionários, carregando o enfileirado de vestidos extravagantes com a caixa oculta.

"Seus sacrifícios não serão em vão", brincou em pensamento, apressando o passo para não ser vista e dirigindo-se para o centro do porto.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
SIDA
Admin
SIDA

Mensagens : 882
Data de inscrição : 29/07/2015

Database
HP:
1/1  (1/1)
EP:
1/1  (1/1)
EXP:
1/1  (1/1)

MensagemAssunto: Re: Aurora Boreal - Kayn   Sab Dez 29, 2018 11:55 am

A ala dos funcionários não é muito grande. Dentro desta, há apenas alguns aparelhos espalhados que projetam painéis de HUD, provavelmente para a supervisão das câmeras do porto. Há também milhares de produtos de limpeza em todos os lugares e um canto pequeno para refeições, além de uma portinha que provavelmente leva ao banheiro. Nada organizado, no geral.

Há apenas um funcionário ali, um menino com um uniforme específico do porto que está sentado em uma cadeira na frente de um dos painéis. Aparentemente, sua única função é supervisionar as câmeras, mas ele está imerso em um sono profundo, com a cabeça tombada para o lado. Se há mais alguém responsável por isso, não está ali. A presença de Dália nem é notada, então ela pode sem problema algum seguir seu caminho.

O centro do porto é enfim alcançado e o local é bastante extenso dessa vez. Dália pode ver alguns oficiais um pouco distantes de si, mas todos eles vestidos com trajes típicos daquela estação e nenhum com o uniforme da Aliança como foi descrito pela contratante. Ao menos ela já passou da parte mais difícil e está dentro, mas o festival será em pouco tempo e será impossível reconhecer alguém durante este.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://greyage.forumeiros.com
Charlotte

Charlotte

Mensagens : 55
Data de inscrição : 16/12/2018

MensagemAssunto: Re: Aurora Boreal - Kayn   Sab Dez 29, 2018 1:27 pm

Finalmente chegando no local estimado, Dália não encontrou o destinatário, por isso decidiu relatar para Kylle.

"Não estou vendo ninguém com o uniforme da aliança.", enviou.

Depois de se livrar do enfileirado de roupas, sentou-se num dos bancos, com a caixa embaixo das pernas enquanto buscava por alguma placa que proibisse fumar naquele local, aguardando a resposta de Kylle.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
SIDA
Admin
SIDA

Mensagens : 882
Data de inscrição : 29/07/2015

Database
HP:
1/1  (1/1)
EP:
1/1  (1/1)
EXP:
1/1  (1/1)

MensagemAssunto: Re: Aurora Boreal - Kayn   Sab Dez 29, 2018 10:43 pm

A resposta da mensagem demora alguns minutos para chegar no technophone de Kayn, mas nada alarmante aparentemente. Assim que ela finalmente chega, a garota pode ouvir um bipe indicando que Kylle provavelmente está dando um sinal de vida novamente. E realmente é ela, afinal.

"Já falei que a recompensa será boa, meu querido. Não poderia ser tudo tão fácil, não é mesmo? Seu tempo está passando, deveria procurar o homem logo."

Algo preocupante acontece em sua volta, entretanto. Aos poucos, uma maior quantidade de pessoas chegam no local, provavelmente para o show daqui a algumas horas. São provavelmente os fãs mais ansiosos, mas a situação no local provavelmente só irá piorar cada vez mais, e a urgência do cumprimento rápido da missão aumenta gradativamente.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://greyage.forumeiros.com
Charlotte

Charlotte

Mensagens : 55
Data de inscrição : 16/12/2018

MensagemAssunto: Re: Aurora Boreal - Kayn   Sab Dez 29, 2018 11:00 pm

"Ah, ótimo, vou ter que brincar de esconde-esconde agora?", bufou, em pensamento. Se não encontrasse, bem... poderia manter a mercadoria para si mesma. Se era tão valiosa assim, outra pessoa poderia querer, não é mesmo? No fim das contas, Kylle não passava de uma mera desconhecida que conheceu no bar na noite passada. A única coisa que realmente impedia Kayn de fazer isso era sua moral; esse tipo de atitude não se adequava ao caráter da mulher, por mais que Lotor quisesse o contrário. Ele dizia que Dália era honesta demais.

Já havia tido todo o trabalho para passar pela alfândega, não desistiria lá.

Seu primeiro passo foi procurar na entrada, próximo à alfândega, mas sem se aproximar demais dos guardas. Depois buscaria nas proximidades do palco, e, por fim, próximo aos camarins.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
SIDA
Admin
SIDA

Mensagens : 882
Data de inscrição : 29/07/2015

Database
HP:
1/1  (1/1)
EP:
1/1  (1/1)
EXP:
1/1  (1/1)

MensagemAssunto: Re: Aurora Boreal - Kayn   Dom Dez 30, 2018 1:29 pm

De fato Dália demora um tempo muito maior do que o necessário para um encontro simples como aquele, chegando a ficar um longo período de tempo parada no mesmo lugar. Ainda assim, chegando na mesma localização, ela não encontra o homem indicado por mensagem. A esse ponto, o festival está prestes a começar.

— Ei, você. — Diz uma autoridade atrás da mercenária, chamando-a a atenção. — Estamos a monitorando faz um tempo, você está agindo estranho. O que faz aqui?

Dália está próxima aos camarins e, instantes antes do início do evento, eles estão praticamente vazios. A esse ponto ela está em um canto isolado e diante de um segurança da estação que ameaça detê-la.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://greyage.forumeiros.com
Charlotte

Charlotte

Mensagens : 55
Data de inscrição : 16/12/2018

MensagemAssunto: Re: Aurora Boreal - Kayn   Dom Dez 30, 2018 1:36 pm

Dália se virou quando ouviu o guarda chamar sua atenção.

"Ih porra.", pensou, mas optou por manter sua expressão neutra de sempre.

- Ah, é que eu combinei de encontrar com um colega de uma amiga minha antes do show, mas eu não consigo encontrá-lo em local algum. - Falou de maneira natural. Em partes, aquilo era mesmo verdade. - Então estou começando a achar que levei bolo. Talvez você possa me ajudar! - Bateu levemente as palmas em conclusão. - Claro, se não for muito incômodo para o senhor. Você viu alguém com uniforme da aliança? Ele é esse colega que eu tenho que encontrar.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
SIDA
Admin
SIDA

Mensagens : 882
Data de inscrição : 29/07/2015

Database
HP:
1/1  (1/1)
EP:
1/1  (1/1)
EXP:
1/1  (1/1)

MensagemAssunto: Re: Aurora Boreal - Kayn   Dom Dez 30, 2018 1:49 pm

O guarda, ainda que desconfiado, vê sentido na história da loira. Ele demora alguns segundos para respondê-la, afinal quem diabos estaria procurando um oficial da Aliança? De um jeito ou de outro, não teria porquê não responder a pergunta.

— Bom... há um agente da Aliança aqui mesmo nos camarins, mais precisamente no penúltimo do corredor. Ele disse ter vindo para verificar a segurança do local, mas não mencionou uma visita. — Ele responde enquanto desliza os dedos por seu queixo, ainda desconfiado. — De uma maneira ou de outra, vou precisar ir com você. Sua história está muito sus--

Subitamente, ele é interrompido pelo tocar de seu technophone, que nada mais é do que um gemido de prazer longo e irritante. Um pouco envergonhado ele atende, claramente despreparado para aquela situação.

— S-Sim, estou com ela. Deixá-la em paz? Tem certeza? Ahm... tudo bem, você quem sabe. Garota, seja lá o que for parece que não devo me meter, ordens de cima.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://greyage.forumeiros.com
Charlotte

Charlotte

Mensagens : 55
Data de inscrição : 16/12/2018

MensagemAssunto: Re: Aurora Boreal - Kayn   Dom Dez 30, 2018 2:44 pm

Kayn franziu a sobrancelha ao também ouvir aquele gemido alto vindo do technophone do guarda, claramente com uma expressão de julgamento e um tanto constrangida por ter ouvido aquilo. Para evitar um climão de vergonha alheia, preferiu fingir que não ouviu o gemidão.

- Penúltimo camarim, certo? - Reafirmou, tentando ignorar todo o acontecimento anterior, especialmente o gemido alto. - Não se preocupe comigo, eu saio assim que terminar.

Esperava não atrapalhar o momento íntimo de ninguém.

Dirigiu-se até o local destinado.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
SIDA
Admin
SIDA

Mensagens : 882
Data de inscrição : 29/07/2015

Database
HP:
1/1  (1/1)
EP:
1/1  (1/1)
EXP:
1/1  (1/1)

MensagemAssunto: Re: Aurora Boreal - Kayn   Ter Jan 01, 2019 1:35 pm



A porta do penúltimo camarim está entreaberta e com uma luz fraca escapando pela fresta deixada. Diferentemente dos outros, ele parece totalmente silencioso e até mesmo macabro diante de toda aquela atmosfera. É como se o clima de show e festival tenha se extinguido conforme Dália se aproxima da localização.

Antes mesmo que Dália entre, uma voz masculina penetrante e sedutora a convida para dentro. Uma voz doce e suave que parece penetrar os ouvidos da garota e obrigá-la a entrar, como se impusesse seu desejo acima da Acanok. Uma vez dentro, porém, a porta atrás da mercenária se fecha automaticamente.

Diante dela está um homem alto no traje da Aliança. Como se a baixa visibilidade causada pela pouca luz no local não fosse suficiente, a armadura que a entidade veste ainda cobre seu rosto de maneira que sua identificação torna-se impossível. Ele não diz nada e apenas aguarda até que Dália se pronuncie.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://greyage.forumeiros.com
Charlotte

Charlotte

Mensagens : 55
Data de inscrição : 16/12/2018

MensagemAssunto: Re: Aurora Boreal - Kayn   Ter Jan 01, 2019 4:37 pm

Observou a porta entreaberta, quase jurando que se estivesse em um filme, a música de suspense com certeza começaria a tocar, aumentando suas batidas conforme aproximava daquela porta.

"Por favor que não tenha ninguém transando", desejou mentalmente enquanto se lembrava do gemido alto da ligação, esse tipo de constrangimento era a última coisa que Dália desejava ter que passar. Por outro lado, sentia-se levemente atraída pela voz que a conduzia para dentro.

"...Que aura incrível", era tudo que conseguia pensar enquanto caminhava para dentro do camarim. Fechou os olhos por um curto instante quando a porta se fechou logo atrás dela, colocando os pensamentos em ordem enquanto se aproximava do homem que provavelmente era mais alto que ela - e bem, não era como se Dália realmente fosse tão alta assim.

Carregava a caixa no ombro esquerdo, sustentando com a mão equivalente, afinal, Dália era canhota e encontrava melhor equilíbrio naquele lado, além de maior força.

Apesar da escuridão, foi capaz de reconhecer o uniforme da aliança.

- Fui instruída a cobrar seis mil créditos pela mercadoria. - Falou de maneira direta, porém respeitosa. A expressão de Dália parecia neutra e impassível, apesar de conter leves vestígios de curiosidade no olhar, talvez um certo nível de admiração. Ou não.

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
SIDA
Admin
SIDA

Mensagens : 882
Data de inscrição : 29/07/2015

Database
HP:
1/1  (1/1)
EP:
1/1  (1/1)
EXP:
1/1  (1/1)

MensagemAssunto: Re: Aurora Boreal - Kayn   Qua Jan 02, 2019 1:18 am

Apesar da máscara abafar o som de sua voz e de seu rosto não ser visível, Dália sabe que ele está sorrindo. Um riso leve ressoa não pela sala, mas na mente da jovem mercenária, como se quem quer que fosse dominasse seus sentidos completamente. É uma influencia poderosa que a loira não se lembra de ter presenciado antes.

Você precisa me responder uma pergunta, garota. — Ele diz, com sua voz que mais parece um martelo na mente da mercenária. Diferente de todos os outros, ele sabe que Dália é uma mulher. — O reino A está invadindo o reino C, e o reino B está posicionado entre os dois. O reino B  é um conhecido exportador de armas e tem um tratado com o reino A para a entrega desses itens. O reino C tem conhecimentos militares bem mais avançados, mas suas fazendas foram invadidas e eles não possuem mais suprimentos. Quem vence essa guerra? 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://greyage.forumeiros.com
Charlotte

Charlotte

Mensagens : 55
Data de inscrição : 16/12/2018

MensagemAssunto: Re: Aurora Boreal - Kayn   Qua Jan 02, 2019 7:48 am

Dália sentiu um arrepio no momento que aquela aura se expandiu novamente. Seja lá quem fosse o homem, ele definitivamente era um profissional perigoso. Além disso, havia percebido de primeira que a loira, na verdade, era uma mulher.

Preferia evitar hostilidade entre eles, aquele homem definitivamente não era o tipo de inimigo que Dália gostaria de ter, pelo contrário.

- Bem, em condições naturais, o reino A tem uma vantajem absurda sobre o C, e o fato de ter conseguido dominar as fazendas e bloquear todo suprimento garantiria a vitória de A à longo prazo, isso se B não mudar de lado, pois daria o necessário para com que C desse a volta por cima. O vencedor seria aquele que mantivesse B ao seu lado, pois se C tiver condições de negociar com B sobre as armas e suprimentos, ganharia a vantagem militar e territorial sobre A, mas se o reino A conseguir manter uma oferta melhor à B, então a vitória seria de A. Se B fosse um reino expansionista, seria a oportunidade perfeita de estabelecer poderio sobre A e C, já que ele, além de estar na zona de conflito entre ambos, decide quem sairá vitorioso, e esse vínculo de dependência poderia fazer com que os outros reinos aceitassem contratos... abusivos com o B. É a chance perfeita para ele lucrar.

Como alguém que cresceu sobre a tutela de Lotor, Dália pensava como uma mercenária, então para ela o maior lucro era o caminho onde lucrava com menores chances de se perder algo valioso.

- Seria a chance perfeita de B negociar todo o conhecimento militar de C e fazer de si mesmo uma potência bélica.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
SIDA
Admin
SIDA

Mensagens : 882
Data de inscrição : 29/07/2015

Database
HP:
1/1  (1/1)
EP:
1/1  (1/1)
EXP:
1/1  (1/1)

MensagemAssunto: Re: Aurora Boreal - Kayn   Qua Jan 02, 2019 1:46 pm

Alguns segundos de silêncio imperam após o monólogo de Dália, mas algo na loira evidencia que ele está satisfeito com a explicação. É uma sensação estranha, como se os sentimentos dos dois fossem compartilhados dentre as duas consciências de uma vez. É quase que uma relação carnal, mas com as próprias almas daqueles dois presentes na sala.

Você entende então que o reino B, apesar de não fazer parte do conflito, o decidirá. — Ele diz em um tom baixo e carregado, quase que como um sussurro. — Ele sairá vencedor. Se for lucrativo, poderá investir na própria guerra e a manter enquanto for produtivo e, quando deixar de ser, subjugar os dois lados ele mesmo. 

Subitamente, Dália sente uma imensa vontade de abrir a caixa, quase que incontrolável. Ela sabe que aquele desejo não partiu dela e sim da outra consciência que agora compartilha de seus pensamentos. Ela não pode deter sua mão enquanto remove a tampa do objeto que carregou por tanto tempo.

Bem-vinda ao Mercado. Lotor Liesthon é o seu padrinho, e por isso eu já a respeito. —  Ele diz enquanto pressiona um pequeno botão que fica na região da cintura do traje da Aliança, fazendo com que este se remova completamente de seu corpo. — Dentro de nossa facção, temos duas grandes casas: a dos reis e a dos peões. Nosso objetivo é manter-nos como o reino B, sempre entre os dois lados da guerra e lucrando com esta. A guerra é natural e inevitável, e o único vencedor é aquele que aproveita dela. Nesse caso é o Mercado, e nós já detemos um certo poder e controlamos alguns planetas. Marte é um deles.


Se trata de um homem negro e alto, com um porte físico musculoso. Seus olhos penetrantes ainda encaram profundamente os de Dália e a paralisam, mas dessa vez ele carrega um pouco menos de mistério ao seu redor.

Dentro da caixa, Dália encontra uma luva feita de um tecido especial e com isolantes térmicos próximos a mão do usuário, aparentando fortalecer ataques físicos, como se tivesse sido feito para a mercenária. Ao lado desta há uma máscara aparentemente feita a mão de um material reluzente e desconhecido. 

Essa missão foi um teste onde Lotor foi seu padrinho, Kylle foi sua rainha e eu fui seu recrutador. Em nossa facção temos um contratante e um agente, um cérebro e um corpo. Por isso temos essa divisão de casas, e esse teste existe para definir qual a sua. — Ele explica enquanto aproxima-se de Dália e de sua caixa. —  Você não tentou enganar ninguém durante sua tarefa, e foi extremamente eficaz realizando exatamente aquilo que lhe pediram. Você é uma agente perfeita, e um ótimo peão. Não se preocupe, isso não é depreciativo de forma alguma e não passa de uma nominação.


Com cautela ele apanha a máscara e guarda em uma maleta que carrega, se esforçando para deixá-la intacta. Agora, Dália só tem direito à luva em sua caixa.

Esse item foi sugerido pelo seu padrinho e ajudará você a cumprir todos os seus contratos. Eu, Kwame Jafari, sou apenas o encarregado de lhe dar as boas vindas.

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://greyage.forumeiros.com
Charlotte

Charlotte

Mensagens : 55
Data de inscrição : 16/12/2018

MensagemAssunto: Re: Aurora Boreal - Kayn   Qua Jan 02, 2019 2:11 pm

Dália ouvia a explicação um tanto confusa, talvez até mesmo entorpecida. Aos poucos as peças foram se assimilando e, ao citar Lotor, a garota respirou fundo.

"O filho da puta já sabia, mas que arrombado!", gritou em pensamento, se lembrando de todos os avisos do homem para tomar cuidado. "Então ele não questionou nada por que já sabia?!"

Mas no fim das contas, não era a primeira vez que Lotor fazia algo similar. Ele havia feito a exata mesma coisa antes de "adotá-la", então Dália logo se recuperou daquela facada dada por Lotor. Era uma raposa astuta e imprevisível, por isso a mulher já havia desistido de se dar ao trabalho de entender as ações de Lotor, que pareciam quase aleatórias.

Mas voltando ao Mercado, a única coisa que Dália era qualificada era em meter porrada, e não havia feito isso em momento algum durante a missão, então não sabia como haviam julgado suas ações, mas pelo visto tinham aprovado-a.

Talvez aquela fosse a chance que Lotor havia dado à ela para que aprendesse algo além de resolver tudo com os punhos, o que faria sentido a aprovação. Ou não, afinal, não conseguia ler Lotor.

Suspirou, tentando trazer sua consciência de volta à sala. A aura daquele homem fazia com que Kayn divagasse mais que o normal, por isso teve que se concentrar para manter-se ali.

Riu, levando a mão até a testa para limpar o suor depois de todo o esforço mental de lutar contra a aura do homem.

- Hah, acho que novamente acabei seguindo os planos daquela raposa. - Vestindo as luvas, esticou os dedos logo acima dos olhos, num movimento de abrir e cerrar o punho. Depois de fechar os olhos por um curto período de tempo, virou-se para o homem. - O prazer é todo meu, Jafari.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
SIDA
Admin
SIDA

Mensagens : 882
Data de inscrição : 29/07/2015

Database
HP:
1/1  (1/1)
EP:
1/1  (1/1)
EXP:
1/1  (1/1)

MensagemAssunto: Re: Aurora Boreal - Kayn   Qua Jan 02, 2019 2:54 pm

Jafari caminha em direção a porta com a sensação de dever cumprido, feliz por tudo ter ido como planejado. Ele não conhece bem as capacidades de Dália mas confia no padrinho desta, e por isso tem certeza de que a mercenária é bastante capaz.

Lembre-se, você não é obrigada a fazer nada pelo Mercado. Minhas boas vindas apenas significam que você é aceita e respeitada entre nós, entende? A única regra é que você não fale da facção para ninguém. — Ele completa enquanto a observa por cima dos ombros. — E sempre que quiser um contrato, basta usar a sua luva. Além de um ótimo item para um agente físico como você, também é conectada com um canal exclusivo.

O humano de origem africana parte caso Dália não tenha qualquer pergunta, deixando sua mente em paz e podendo agir por livre e espontânea vontade. É evidente por este primeiro encontro que o Mercado não é como a Aliança ou a Reconquista que tem a intenção de mudar o mundo. Ele apenas pretende lucrar com essas mudanças e sair por cima em qualquer tipo de situação.

No dispositivo da loira, uma mensagem de Lotor é mostrada em forma de notificação:

"Seja bem-vinda, querida!"




ArmaDanoPenalidadePente
Luvas cinéticasPadrão       -   -
A cada vez que você atingir um inimigo com um ataque corpo a corpo, adiciona uma porcentagem de chance de paralisá-lo. 


Última edição por SIDA em Qua Jan 02, 2019 3:06 pm, editado 2 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://greyage.forumeiros.com
Charlotte

Charlotte

Mensagens : 55
Data de inscrição : 16/12/2018

MensagemAssunto: Re: Aurora Boreal - Kayn   Qua Jan 02, 2019 3:03 pm

Novamente observou a luva com a explicação do negão, claramente com uma expressão surpresa. Enquanto ele dirigia-se para a saída, Dália ficou em silêncio, não tinha muito o que dizer para Jafari. Mas para Lotor... Havia bastantes perguntas, e a maioria seria feita com os punhos. Seria uma boa forma de se exercitar e experimentar aquelas luvas, mas por enquanto as manteria guardada no bolso interno do terno.

Apenas acenou em concordância, deixando o homem ir embora. Não queria ficar para o Show, na verdade não tinha o mínimo de interesse em música pop, e, além disso, havia dito que voltaria logo.

Leu a mensagem de Lotor na tela, mas preferiu ignorar por enquanto.

Era melhor voltar para nave antes que o piloto desistisse de esperá-la.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
SIDA
Admin
SIDA

Mensagens : 882
Data de inscrição : 29/07/2015

Database
HP:
1/1  (1/1)
EP:
1/1  (1/1)
EXP:
1/1  (1/1)

MensagemAssunto: Re: Aurora Boreal - Kayn   Qua Jan 02, 2019 8:02 pm

O retorno de Dália foi bem mais fácil que sua saída. Por mais que algumas regiões estivessem cheias devido ao início do festival, os guardas locais sempre parecem ajudá-la e afastar a multidão de seu caminho com sinalizações. Dessa maneira, o caminho está sempre aberto.

No hangar, todas as portas se abrem automaticamente e uma fila única de acesso é liberada para a mercenária, que só precisa seguir intuitivos olhares dos funcionários locais para ter acesso a tudo antes dos outros transeuntes na plataforma. De fato o que Jafari disse é verdade: o Mercado controla Marte.

A nave de Tata está no mesmo lugar, porém pichada por algum delinquente que passou pelo local. Ainda assim o Huun não parece se importar nem um pouco uma vez que cochila tranquilamente em sua cadeira com as luzes apagadas e a porta aberta.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://greyage.forumeiros.com
Charlotte

Charlotte

Mensagens : 55
Data de inscrição : 16/12/2018

MensagemAssunto: Re: Aurora Boreal - Kayn   Qua Jan 02, 2019 9:04 pm

Dália se surpreendeu com a facilidade que o caminho estava sendo aberto, provavelmente vantagens de fazer parte do Mercado. Marte realmente era governado por essa facção, e era absurdamente influente.

Depois de acordar o Huun com a notificação de entrada, Dália apenas aguardou com que a porta fosse aberta, entrando na nave para enfim partiu.

Depois de pestanejar por um tempo, decidiu alertar sobre a pichação na nave.

- Alguns idiotas picharam a nave. Pode colocar a lavagem na minha conta, eu pago.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: Aurora Boreal - Kayn   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Aurora Boreal - Kayn
Voltar ao Topo 
Página 2 de 3Ir à página : Anterior  1, 2, 3  Seguinte

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
A Era Cinzenta :: Zona RPG :: Campanhas livres-
Ir para: