Um fórum de RPG interpretativo com tema futurista, livre para quem se interessar e que utiliza de um sistema simples para que qualquer jogador possa entender.
 
InícioCalendárioFAQBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se

Compartilhe | 
 

 Nebulosa sombria

Ir em baixo 
Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6, 7  Seguinte
AutorMensagem
Heylel

avatar

Mensagens : 51
Data de inscrição : 18/11/2018

Database
HP:
11/29  (11/29)
EP:
0/10  (0/10)
EXP:
230/300  (230/300)

MensagemAssunto: Re: Nebulosa sombria   Ter Nov 27, 2018 8:57 pm

*Depois de soltar aquela mulher, Heylel ficou ali parado esperando pronto para sacar sua arma para ter que apelar se fosse necessário, todavia, como já de costume seu parceiro cibernetico conseguia resolver aquele impasse até que com certa facilidade, provavelmente ele estava melhorando ou só soube mesmo tratar da situação com uma pitada de sorte*

-Cody, garoto, estou indo para a area de Carga para ajudar o pessoal, vocês acompanhem essa mulher e resolvam isso. *Depois de toda aquela conversa da mestiça com o androide, o mesmo embora fosse uma maquina demonstrou felicidade por estar sendo elogiado, afinal, aquilo era um sinal claro de que ele estava sendo util e isso o deixava devidamente contente*

-Boss, boss, você viu, ela me elogiou! E com sinceridade! *Por estar de mascara o albino não tinha expressões, porém o som que saiu por trás daquela proteção denunciou seu riso junto ao sorriso, realmente o encapuzado apesar de ser durão, meio babaca e tudo mais gostava bastante de seu familiar e ve-lo feliz era sinonimo de sua própria felicidade*

-Eu vi, eu te disse que você era incrível, agora vá com ela e nos ajude a sair dessa, mas se comporte, entendeu bem? *Sinalizou com o indicador para o companheiro como se ele fosse uma criança que recebia instruções de um pai, ele que então bateu continência para seu mestre*

-Sim senhor! *Heylel então deu as costas e foi embora seguindo as placas que o direcionavam para a Área de Carga para ver no que poderia ajudar o quanto antes chegando lá até que bem rapido já que graças a armadura seu atletismo se tornava superior a ponto de superar qualquer alguém um pouco mais normal*

-No Arsenal provavelmente tem armas né? Algum de vocês sabe usar alguma? Eu sei atirar só não garanto acertar, hehe... Espera, a nave tem defesas internas? Porque se tiver nos poderíamos ativa-las usando a cabine não é? *Cody sabia que Melroa e as crianças estavam na Garagem, mas por hora não podia ir lá já que ninguém de lá manda muito bem no combate, então ir até lá no momento não parecia ser prioridade já que precisavam de alguém combatente para poderem prosseguir*
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Wilhelm

avatar

Mensagens : 38
Data de inscrição : 17/11/2018

Database
HP:
20/20  (20/20)
EP:
12/12  (12/12)
EXP:
160/300  (160/300)

MensagemAssunto: Re: Nebulosa sombria   Ter Nov 27, 2018 9:35 pm

É Wilhelm. — Deixou escapar um pigarro. — Minha especialidade está focada na área da robótica. Mas eu sei um pouquinho de tecnologia num geral, então posso ter utilidade em alguma coisa para consertar o acelerador da espaçonave. — Respondeu. Apesar de externamente calmo, no seu íntimo estava praticamente entrando em desespero de ter que socializar com uma fêmea desconhecida por tanto tempo.

Quando percebeu que Heylel iria se retirar, seu esfíncter praticamente se tornou uma defesa impenetrável. Wilhelm praticamente suplicava por dentro para que o outro ciborgue não se retirasse. Ele terIA DE FICAR SOZINHO COM UMA GAROTA E A CARALHA DO ANDROIDE QUE NÃO FICA QUIETO. E LIDAR COM OS DOIS. SEM AJUDA. SEM AJUDA!!!

Willie! Encontrei você! — Ao longe, a figura gordinha e metálica se aproximava voando inocentemente até seu mestre.

PUTA. QUE. PARIU.

E num suspiro profundo, engoliu a ansiedade.

...Concordo em ir ao Arsenal primeiro. Se as defesas internas estivessem funcionais, acredito que não estaríamos tendo tamanho pânico na nave. — Comentou. Estava praticamente tirando forças do próprio reto para conseguir manter a calma.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Melroa

avatar

Mensagens : 34
Data de inscrição : 17/11/2018

MensagemAssunto: Re: Nebulosa sombria   Ter Nov 27, 2018 10:47 pm

O maldito corpo. Estava tão estressada e tensa com um perigo eminente de ser presa ou sabe-se lá mais o quê que esqueceu a porra de um corpo morto na própria mesa. Afundou um pouco mais no chão, se xingando mentalmente. Olhou para o guarda com certo tédio. Mas logo se levantou, dando tapinhas na bunda para limpar a roupa.

Depois ergueu as mãos, mostrando que não estava armada e que nem tinha disposição para se rebelar. — ENE, pode reproduzir os vídeos em que eu tento salvar a vida do soldado? O necessários, por favor. — Fez questão de enfatizar a última frase para que a I.A não fizesse gracinhas como costumava a fazer.

"Aya, Sir!"

E com isso, imagens de Melroa correndo de um lado para o outro, examinando o homem e anestesiando-o começaram a passar na tela. — Bom, acho que a última coisa que eu sou agora é suspeita.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Miyano

avatar

Mensagens : 33
Data de inscrição : 17/11/2018

Database
HP:
20/20  (20/20)
EP:
8/8  (8/8)
EXP:
200/300  (200/300)

MensagemAssunto: Re: Nebulosa sombria   Ter Nov 27, 2018 10:59 pm

Miya estava monitorando a situação toda através de ENE.

Na verdade, a criança fazia isso desde que conseguiu acesso à I.A, apesar de nem Melroa nem Heylel saberem disso. Dificilmente conseguiriam manter algo em segredo naquela nave, já que Miya poderia simplesmente pedir visão para ENE, e, caso não lhe fosse concedida, poderia hackeá-la.

Mas nunca precisou fazê-lo, e provavelmente ninguém além de Maya sabia que o garotinho tinha bem mais controle do que imaginavam que ele tivesse.

O resumo de Melroa provava que ela não sabia que Miya estava vendo tudo através de ENE.

O garoto já pretendia pedir para a I.A os vídeos que podiam inocentar Melroa, mas logo notou que sua interferência não seria necessária, já que a capitã havia tido a mesma ideia.

Tudo o que restava era alertar Heylel.

Mais do que enviar uma mensagem descrevendo tudo o que havia acontecido, Miya simplesmente anexou a filmagem de ENE do momento em que a Aliança bateu na nave até as acusações.

Aquilo seria mais que suficiente, e provavelmente o mais efetivo.

Antes de enviar, escreveu embaixo do vídeo:

"Não se delata um companheiro na primeira divergência de opinião."
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Heylel

avatar

Mensagens : 51
Data de inscrição : 18/11/2018

Database
HP:
11/29  (11/29)
EP:
0/10  (0/10)
EXP:
230/300  (230/300)

MensagemAssunto: Re: Nebulosa sombria   Qua Nov 28, 2018 12:00 am

*O albino seguia caminhando para a area de carga até receber uma chamada de Cody que apareceu como um triangulo vermelho simbolizando atenção, nisto o rapaz atendeu só batendo de leve o indicador na lateral de sua cabeça expondo o androide em seu visor no cantinho para não atrapalhar sua visão*

-Já chegaram no Acelerador? *Questionou se abaixando para se esconder em algum lugar já que teria que parar para manter a atenção no que seu parceiro falaria para si, coisa que iria atrapalha-lo caso seguisse em frente por dividir sua atenção*

-Ainda não Boss, mas acabei de receber uma mensagem da ENE com vídeo, pode ver agora? *Não, ele não podia, estava um tanto quanto ocupado, mas pensando que talvez a tripulação da nave poderia estar precisando de algo não mandando aquela mensagem atoa acabou mentindo de leve sobre sua situação atual*

-Posso.
*Quando se tratava do bem estar das crianças num geral ele parecia se transformar por isso lembrar não só dele mesmo, mas também de certos valores ensinados por seus mestres sobre esses pequenos e futuras gerações... Crianças não devem pagar por crimes tal como os adultos por ainda serem incapazes de discernir 100% o que é certo e errado por mais que esses sejam conceitos relativos que dependem de pessoa a pessoa, Heylel entendia isso e por isso as poupava e buscava prioriza-las, queria dar a elas a chance de poderem fazer o que era visto por ele como certo mais pra frente*

-Certo, deixei-a, talvez a Aliança de um destino mais merecido a ela do que esses pacifistas da Reconquista. *O dito deu um breve susto no androide que pareceu ter ficado simplesmente indignado com o que havia escutado por já conhecer seu mestre o suficiente para compreender o que ele quis dizer com aquilo*

-Você ta querendo dizer que quer que a Melroa seja morta? Boss, ela é da nossa família também! *Toda aquela conversa era feita através de uma especie de rede neural, por consequencia era praticamente só em pensamento, nada literal e por isso ninguém aos arredores conseguia ouvir, apenas os dois que conversavam "via link"*

-Você a vê dessa forma, já ela não, o código dos cavaleiros é bem claro, "Todo e qualquer aliado de um cavaleiro deve permanecer na Reconquista, do contrário deve ser morto pois um aliado a menos na causa rebelde é um possível aliado a mais na causa da Aliança e isso é inadmissível".
*Armado, o Kroyvisiano olhava através de seu cover para ver se tinha alguém se aproximando, ao notar que não passou para o próximo buscando prestar atenção por mais que seu avanço estivesse mais lento por conta de todo aquele papo*

-Ela não traiu a Reconquista, aquele ataque foi obra de um outro grupo isolado! *As imagens no canto do visor do ciborgue mostravam a conversa com o capitão, momento onde o cavaleiro estava praticamente desmaiado por causa do veneno*

-Entendo, mas isso não muda os fatos, ela agiu sabendo que poderia ser a Reconquista e reforçou que não se importa com nossa luta, nossa causa, ela deve ser descartada. *Metódico, Heylel mantinha sua conduta perante o dogma dos cavaleiros por mais que o alvo fosse alguém importante para si, coisa que inclusive falhou uma vez no passado, o que custou seu braço, desde então não iria repetir o mesmo erro*

-Grrrr... Ta, ok, mas e se a Aliança não mata-la e sim tortura-la para conseguirem informações ou ela passar de bom grado já que não está nem ai? Ela pode revelar informações sobre QGs e tudo mais como suas localizações, estaríamos arruinados se essa informação caísse em mãos erradas! Você como cavaleiro deve cortar esse mal pela raiz!
*Embora uma maquina, a labia de Cody era como a de um verdadeiro homem negociante, seu jeito de falar, de agir, de atingir os pontos fracos morais daqueles que conversa o permitia facilmente conseguir o que quer, foi assim com a mestiça que agora junto a si e o mesmo só se repetia com seu parceiro*

-Você tem razão, estou voltando. *Apesar de todo aquele avanço, o cavaleiro acabou retornando seu caminho para ir até a Garagem, lugar onde Melroa se encontrava com aqueles dois homens onde graças a Miyano o encapuzado sabia em que posição estavam já sabendo em quem atirar primeiro logo de cara assim que entrasse no local*

"-Miyano, eu sei que você é só uma garotinha, mas por favor, fale com Heylel quando ele estiver ai, você é a unica que pode convence-lo a não fazer uma besteira, eu conto com você." *Sabia que aquilo podia ser demais para uma pobre garotinha lidar sozinha, só que também sabia que crianças eram o calcanhar de Aquiles daquele homem que estava disposto a queimar o arquivo necessário para preservar a segurança de sua facção por mais que aquilo fosse mais uma armadilha para atrai-lo até uma situação onde seus ideais seriam postos a prova*

Spoiler:
 


Última edição por Heylel em Qua Nov 28, 2018 12:02 am, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
SIDA
Admin
avatar

Mensagens : 186
Data de inscrição : 29/07/2015

Database
HP:
1/1  (1/1)
EP:
1/1  (1/1)
EXP:
1/1  (1/1)

MensagemAssunto: Re: Nebulosa sombria   Qua Nov 28, 2018 12:01 am

Quando Melroa se levanta, a primeira coisa que os dois oficiais fazem é erguer suas armas na altura da cabeça da piloto. É visível que eles não estão abertos a negociação, e que estão dispostos a usar força letal durante a operação.

— Negativo. Sabemos que o disparo que atingiu a esse e muitos outros bons cidadães não são letais. Nosso curso de investigação atualmente aponta que o ataque foi uma espécie de aviso, mas a Aliança não está de brincadeira. — O guarda mais encorpado avança conforme fala. Através da quantidade de estrelas no brasão em seu peito, é possível ver que sua patente é mais alta do que a do outro que o aguarda do lado de fora. — Sendo o ataque não letal, eu entendo uma menininha baderneira como você tentar salvar um soldado alvejado quando a situação ficou feia. Egoístas como sempre! Como eu deveria acreditar no seu papinho quando você está bem aqui, na nave-mãe da ordem que causou o ataque e dezenas de mortes em Gradopolis?

O soldado finalmente recebe uma mensagem confirmando o envio de reforços pra sua posição. No mesmo momento, ele faz um sinal com os dedos com aquele que o aguarda do lado de fora e ele se move para dentro da nave, prontificando-se a revistar os cômodos dessa.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://greyage.forumeiros.com
Melroa

avatar

Mensagens : 34
Data de inscrição : 17/11/2018

MensagemAssunto: Re: Nebulosa sombria   Qua Nov 28, 2018 12:11 am

Rosnou de raiva. Por isso odiava tanto aqueles rótulos de reconquista e aliança. Todos não passavam de fantoches cegos sendo controlados por meia dúzia de pessoas para seus próprios fins. — Você é burro assim mesmo ou ensinam isso na academia? Eu não fiz nada! Estava abastecendo minha nave, fui ao festival para comprar itens e só. Vi o guarda caído e fui ajuda-lo. Eu nem mesmo posso atirar!

Ao ver o guarda seguindo para dentro da nave, soltou um suspiro. — ENE, tranque todos os cômodos da nave e só destranque-os quando eu disser. — Mantinha as mãos erguidas, acima da cabeça. Seu olhar indiferente mirava no guarda. — Eu estou aqui justamente porque minha nave foi raptada! Obrigada por me resgatar, mas estão apontando a arma para a vitima! Quando fizerem uma investigação detalhada e deduzirem o obvio, que a garota que nem tem força pra levantar um copo de café direito é inocente, eu farei questão de ir a público dizer como que dois guardas da aliança ameaçaram me matar sem antes me ouvir!

Podia sentir a nuca começando a ficar suada. Estava nervosa, mas não demonstrava isso. Sua maior preocupação era os gêmeos. Eles não tinham registros, e mais cedo ou mais tarde poderiam achar uma forma de incrimina-la, não acreditava nem um pouco na justiça da aliança. Mas precisava jogar os jogos deles.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Miyano

avatar

Mensagens : 33
Data de inscrição : 17/11/2018

Database
HP:
20/20  (20/20)
EP:
8/8  (8/8)
EXP:
200/300  (200/300)

MensagemAssunto: Re: Nebulosa sombria   Qua Nov 28, 2018 12:22 am

Miya estava mordendo o polegar enquanto olhava para a cama de Maya para certificar-se de que ela ainda estava dormindo, ao mesmo tempo que acompanhava a situação através de ENE.

Sabia que, se dependesse de Melroa, os vídeos envolvendo a invasão às PEM não seriam revelados, nem o vídeo onde ela denunciava a localização dos dispositivos em praça pública, especialmente por comprometerem Miya.

Não seria difícil achar imagens que não mostrassem o rosto do garoto, mas como convencer as pessoas de que não havia alguma pessoa ajudando?

Miya estava em um dilema. Queria ajudar Melroa, mas não poderia comprometer a irmã.

Olhando para o quarto em busca de algum sinal divino, os olhos do garoto repousaram sobre Boo, que estava desligado no canto e coberto pelo fino lençol do garoto. Aquele robô era um pouco menor que as crianças, mas sentado não faria diferença.

"O robô!"

Com os olhos brilhando com a nova ideia, Miya novamente chamou por ENE.

- ENE, mostre as filmagens que provam que Melroa foi a responsável por localizar e desativar as PEM's, e também o momento em que ela colocou a localização dos dispositivos em público. Busque por cenas que não envolvam Maya e que eu esteja coberto pelo lençol. Boo será nosso bode expiatório. Tente colaborar com essa história meia-boca de Melroa, apenas acrescentando isso como informação. Aliás, fale em bom e alto tom que estão incriminando a responsável por evitar que o caos se alastrasse em sua totalidade, que estão acusando a pessoa errada."

Logo ativou o robô, colocando no corredor perto da sala de comando, bem próximo à mulher.

"Boo será o hacker que ajudou Melroa", pensou, travando a porta do quarto e mantendo as luzes apagadas, sendo iluminado somente pelo painel digital que controlava.

Depois de ter passado o comando para ENE, finalmente pôde ler a notificação que recebera. Era Cody.

Leu a mensagem, mas não respondeu de volta.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
SIDA
Admin
avatar

Mensagens : 186
Data de inscrição : 29/07/2015

Database
HP:
1/1  (1/1)
EP:
1/1  (1/1)
EXP:
1/1  (1/1)

MensagemAssunto: Re: Nebulosa sombria   Qua Nov 28, 2018 12:40 am

O soldado que tentava revistar a nave parece nervoso, principalmente quando Melroa ordena a IA da nave que sele todos os cômodos. O superior, apesar disso, parece firme e rigoroso em seu olhar para a piloto, decidido a levá-la como prisioneira. A situação está tensa em Gradopolis, e tudo que querem é prender os responsáveis pelo atentado.

Apesar de manter sua postura firme com o discurso da Kroyvisiana, o oficial se desmonta com as gravações exibidas. A versão mostrada é realmente conivente com a contada por Melroa, além de apontá-la não como vilã mas como a hacker misteriosa que ajudara a proteger SIDA de um possível ataque hacker.

— Então foi você... capitão, eu acho qu... 

—  Como diabos eu estou vendo esse vídeo? — Pergunta de maneira ríspida o superior, fuzilando a garota com os olhos. — Você acabou de mandar a IA realizar duas tarefas, mas ela acabou de reproduzir essa merda sozinha. Se quer que eu acredite na sua maldita história, pare de esconder coisas de mim, menina! Dê-nos acesso a nave e te levarei de volta para Gradopolis como heroína.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://greyage.forumeiros.com
Heylel

avatar

Mensagens : 51
Data de inscrição : 18/11/2018

Database
HP:
11/29  (11/29)
EP:
0/10  (0/10)
EXP:
230/300  (230/300)

MensagemAssunto: Re: Nebulosa sombria   Qua Nov 28, 2018 12:52 am

*Com aquele pequeno alvoroço, os passos discretos do homem encoberto pelo manto negro se tornam devidamente silenciosos a ponto dele conseguir entrar naquela nave através da porta aberta já que a embarcação espacial apenas lacrou os comodos internos e não seu total. Ali, o funcionario menor poderia notar algo atrás de seu superior, mais precisamente dois olhos vermelhos brilhantes e Melroa por estar bem frente ao mesmo também veria a mesma coisa*

-... *Antes que o outro pudesse usar sua arma para atirar e alertar aquele homem este mesmo simplesmente foi pego com força e arremessado contra seu aliado fazendo um bater no outro indo contra a parede do local*

-Heroína? *Olhou para Melroa e depois para a dupla ali caida no chão apontando sua arma para ambos, esta que começava a ter um brilho intenso e dourado que começava a ofuscar um pouco a visão, e por já conhecer aquela arma a capitã já sabia do que aquilo se tratava... Ele iria usar aquilo mesmo dentro da nave?*

-Pelo visto me deve mais algumas explicações. *Não precisavam ser gênios ou terem uma visão perfeita para perceberem que aquele homem de manto escuro e mascara de caveira era ninguém menos que Heylel Fahrenheit, o cavaleiro negro lendário da tropa da virtude da Reconquista ao qual é procurado diretamente pela líder Kroyvisiana Ellaya pelos crimes de traição contra sua própria pátria e raça, o que era ironico dado a situação atual, inclusive, ninguém que o confrontou diretamente além dela mesma e de crianças saiu vivo para contar historia*
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
SIDA
Admin
avatar

Mensagens : 186
Data de inscrição : 29/07/2015

Database
HP:
1/1  (1/1)
EP:
1/1  (1/1)
EXP:
1/1  (1/1)

MensagemAssunto: Re: Nebulosa sombria   Qua Nov 28, 2018 1:19 am

— Você dá nome pros seus robôs? Por Ayalli garoto, você é fofo mas precisa crescer um pouco. — A garota desdenha conforme ruma a direção do Arsenal, ainda sem muita pressa. — Mas eu gostei mais de você do que do machão ali. Gosto mais de mandar do que obedecer, sabe?

A garota parece especialmente provocativa em relação a Wilhelm... e um pouco maluca também. Suas ações chegavam a parecer até mesmo um tanto inconstantes, hora o paquerando e hora o negligenciando. Ainda assim, ela fica muito mais perto dele do que a maior parte das meninas.

— Já devem ter recolhido a maior parte das peças do Arsenal para se proteger contra a invasão, mas deve ter alguma coisa lá. Mas devo te avisar que meu lance não é atirar. — Resmunga mais uma vez, observando suas unhas. — Espero que você seja um bom guarda-costas... e escravo também.

O pequeno grupo está praticamente contra o sentido dos tripulantes o tempo todo, até enfim encontrarem os corredores limpos. Não demora muito, porém, para que ouçam conversas vindas do tal Arsenal. Aparentemente, dois invasores estavam recolhendo itens do local.

O grupo agora conta com uma estranha menina que não sabe lutar, dois sintéticos e Wilhelm. Confiando na sensatez do garoto, a mestiça o observa de canto e aguarda instruções do próximo passo.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://greyage.forumeiros.com
Wilhelm

avatar

Mensagens : 38
Data de inscrição : 17/11/2018

Database
HP:
20/20  (20/20)
EP:
12/12  (12/12)
EXP:
160/300  (160/300)

MensagemAssunto: Re: Nebulosa sombria   Qua Nov 28, 2018 9:23 am

Nomeação de seres metálicos com inteligência artificial é padrão para qualquer pessoa que os use, nem que seja com siglas. Ter que chamar seu robô de "Série B versão zero ponto três ponto um" toda vez que se referir a ele não é muito prático. — Disse. Em uma primeira impressão, aquilo poderia ser um pouco rude, mas Wil não disse nada mais nada menos do que a verdade crua. Apesar de ele também estar dizendo aquilo como brincadeira, seu rosto não era muito bom em transmitir essas situações. Continuava sério como sempre.

Ciente de que ele estava acompanhado de uma provável simples engenheira e de um robô provavelmente programado unicamente para diplomacia, o jovem ciborgue teria de utilizar de seus próprios recursos para enfrentar os inimigos à frente. Era praticamente perfeito para a situação; apesar de extremamente limitado por conta da operação médica a qual passou, o herdeiro da inteligência dos Schwarzdorn dificilmente precisaria mover um dedo para agir como "guarda-costas".

Ao ouvir vozes provenientes do arsenal, parou na mesma hora. Permaneceu meio distante da entrada, encarando o seu robô-bolinha. E Cody.

É hora de vocês fazerem o que mais gostam; chamar atenção. Poderiam, por gentileza, distrair os invasores fingindo que são parte da segurança interna da espaço-nave? É só gritar "intruso detectado" e irem correndo bater ou atirar neles. Não tem segredo. — Aquela era talvez a melhor utilidade que ele poderia arranjar aos dois, caso Cody não fosse muito útil em combate.

Você — apontou para a mestiça — vai vir comigo e pegar quantas armas puder carregar. — Depois de praticamente lhe dar uma ordem, ele recordou-se do que a garota havia dito anteriormente sobre gostar de mandar do que de obedecer. — ...Por favorzinho....

Esperem o meu sinal. Vou bater os braços que nem uma galinha terráquea. — Novamente, ele brincou. Mas parecia mais sério do que nunca. Aproximou-se da porta e procurou averiguar a posição dos dois invasores com seu olho biônico e a audição.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Miyano

avatar

Mensagens : 33
Data de inscrição : 17/11/2018

Database
HP:
20/20  (20/20)
EP:
8/8  (8/8)
EXP:
200/300  (200/300)

MensagemAssunto: Re: Nebulosa sombria   Qua Nov 28, 2018 11:50 am

Miya franziu a testa, nervoso com o rumo que a situação estava levando.

Mandou uma mensagem de voz diretamente para o comunicador no ouvido de Heylel, pedindo para que ele assumisse a responsabilidade por enviar o comando para a I.A através de um dispositivo remoto.

"Heylel, não faça inimigos, eles pediram reforços!
Tente convencê-los de que foi você quem pediu para a I.A as filmagens que inocentassem Melroa através de um dispositivo remoto.
Se você se recusar a cooperar, eu vou ficar MUUUUITO bravo com você.
Peça explicações do que está acontecendo para parecer legítima defesa.
E não use isso, você quer destruir a nave?!"


Encarou Maya, escorregando na parede até que pousasse no chão, próximo à cama dela. Entrelaçou seus dedos nos da irmã adormecida, pousando a cabeça sobre a superfície da cama.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Heylel

avatar

Mensagens : 51
Data de inscrição : 18/11/2018

Database
HP:
11/29  (11/29)
EP:
0/10  (0/10)
EXP:
230/300  (230/300)

MensagemAssunto: Re: Nebulosa sombria   Qua Nov 28, 2018 6:03 pm

*Acompanhando o grupo enquanto mantinha sua mente conectada a de seu mestre através do traje, Cody observava a dupla de humanos a sua frente observando seus trejeitos para aprender ainda mais a como se aproximar daquela raça, afinal, apesar do tamanho e postura ele se bobear é mais novo que Miyano e sua irmã, logo, ele é apenas uma crianças também*

"-Acho que esse tipo de fêmea é do tipo Dominatrix." *Com a mão no queixo, androide seguia coçando o queixo ainda só analisando a situação... Principalmente a bunda daquela mestiça a sua frente por questões cientísticas, claro*

-Olha mano... Essa é simplesmente a ideia mais idiota que eu já ouvi, ta apenas atrás da ideia "Vamos deixar aquela garota ser nossa pilota, o que pode dar errado?", puta merda, deve estar no gene Kroyvisiano, mas ok, acho que isso é tudo o que temos pro momento.
*Sem armas e nada além de um robo bola para ajuda-lo a distrair dois alvos que provavelmente iriam fuzila-los quando entrassem, é, pelo menos seria util e qualquer coisa podia sofrer reparos posteriores, é, são em momentos como esse que se agradece por ter nascido robô*

-Bora Fuleco, se prepara.
*Pegou o robo-bola colocando ele debaixo do braço e ficou ali olhando o nerd em ação com seu olho biônico, já esperando o sinal que acabou o lembrando de algo importante... Onde diabos estava sua galinha de estimação? Meu deus céu berg, tomara que aquela bruxa da Melroa não tenha encontrado e feito um lamen da coitada*

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Mayano

avatar

Mensagens : 2
Data de inscrição : 17/11/2018

MensagemAssunto: Re: Nebulosa sombria   Qua Nov 28, 2018 7:54 pm

-Myia?Você tá vivo?-falou de maneira que a voz mal saía.

A garota acabou de acordar de um sonho bem longo, que por estranha razão incluía galinhas fazendo bombas de chocolate enfurecidas e deliciosas que queriam reinar o universo, o único modo de detê-los era comer todos eles;Foi um sonho bom, infelizmente o gosto era apenas de ar.
Mesmo dormindo que nem um anjo, não tinha energia para mover um músculo, ou talvez só não estivesse com vontade disso.

-O que tá acontecendo?
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Ariete

avatar

Mensagens : 110
Data de inscrição : 19/08/2018

MensagemAssunto: Re: Nebulosa sombria   Qua Nov 28, 2018 10:03 pm

— Então vocês são todos estranhos, mas até que faz algum sentido. Eu teria preguiça de falar isso toda vez. — Ela dá de ombros, indiferente.

O comentário de Cody faz com que a mestiça ria e mexa em seus cabelos enquanto direciona brevemente seu olhar para o robô.

— Olha só, parece que alguém aqui entendeu. Você é mesmo inteligente, não? — Mais uma vez, parece voltar a não ligar muito para Will.

Ela faz uma cara de reprovação diante da ideia do garoto, mas não consegue pensar em alguma alternativa e já tinha aceitado, afinal de contas. Se é para garantir algumas bebidas grátis e aliviar seu karma, não tem escolha se não concordar e, se desse errado no final a culpa não seria sua e ela teria ao menos tentado ajudar.

— Bom, ainda que eu concorde que é uma ideia ruim, vamos acabar logo com isso. E pode apostar que vou cobrar minhas bebidas depois, bonitinho. —  Comenta, parando para analisar brevemente o território. — Agora, vão logo vocês dois, e aproveitamos a brecha para ir até o arsenal.

Se aproximarem-se mais, os membros do pequeno grupo podem notar que um container com diversas armas já está sendo preenchido pelos oficiais que confiscam todo o equipamento do arsenal. Eles são em dois, um homem e uma mulher, e Wilhelm pode ver por seus brasões que nenhum deles é de posto alto.

Citação :
No que você acha que isso vai dar, Nyla? 

... perdão?

—  Essa coisa toda. Quer dizer, eles atacam uma base nossa, nós atacamos uma deles... você acha que podemos estar presenciando o começo de uma g-gu-gue...

—  Talvez, Sirus. E se esse for o caso, você vai lutar com honra, como prometeu fazer ao se alistar!

—  S-Sim, claro. Só não caiu a ficha ainda, entende? Não acredito que eles atacaram uma cidade, e feriram pessoas! Não pensei que a causa rebelde fosse tão violenta.

Eles são monstros. Estão tentando causar guerra num cenário próspero pra todos por motivos ridículos. O universo todo fica melhor sem eles.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
SIDA
Admin
avatar

Mensagens : 186
Data de inscrição : 29/07/2015

Database
HP:
1/1  (1/1)
EP:
1/1  (1/1)
EXP:
1/1  (1/1)

MensagemAssunto: Re: Nebulosa sombria   Qui Nov 29, 2018 12:11 am

Os dois soldados se chocam contra a parede da nave, fazendo com que suas armaduras amassem um tanto o metal que reveste o veículo. É visível e de conhecimento geral que a vestimenta de um oficial é do melhor que a Aliança tem a oferecer, afinal a segurança sempre foi uma prioridade para os Garesianos.

O que ostenta um brasão mais detalhado de capitão é rápido em manter a postura e apanhar seu rifle rapidamente, pronto para confrontar o oponente. O iniciante, ainda mais desajeitado, assusta-se com a presença intimidadora do agressor e demora a erguer-se de maneira desajeitada.

— Então é com esse tipo de gente que você tá metida?! Sabia que não era santa alguma. Isso tudo deve ser falso! —  O capitão vocifera, mirando sua arma na direção de Heylel. —  Eu conheço você. Se eu te capturar agora, faço minha carreira.

Melroa pode ver que, enquanto isso, o outro soldado envia algumas mensagens apressadamente em um aparelho acoplado a seu bracelete. Ele parece nervoso, claramente não esperando esse nível de adrenalina ao checar a garagem com um superior.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://greyage.forumeiros.com
Wilhelm

avatar

Mensagens : 38
Data de inscrição : 17/11/2018

Database
HP:
20/20  (20/20)
EP:
12/12  (12/12)
EXP:
160/300  (160/300)

MensagemAssunto: Re: Nebulosa sombria   Qui Nov 29, 2018 11:14 am

Garanto a vocês que vai funcionar. Sou bom nessas coisas, joguei bastante Watch Dogs 13. — Respondeu, passando então a observar os guardas que pareciam confiscar as armas presentes. Pelo menos boa parte ainda estava ali, e o grupo poderia pegar o que fosse útil.

Wilhelm chegava a ter pena dos dois soldados ao ouvir sua conversa. Mesmo assim, o pensamento de ambos era o mesmo do que do resto da população galática no momento; o atentado era feito dos Reconquistadores. Coisa que o jovem ciborgue teve sorte de descobrir que era mentira.

O tecnopata então removeu uma pequena bola metálica de seu cinto, segurando-a firme com a mão dominante. Ainda atento à posição atual dos guardas, Wil dobrou ambos os braços e movimentou-os freneticamente, imitando um galináceo do planeta Terra com maestria. Parecia até que já tinha feito aquilo mais vezes.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Heylel

avatar

Mensagens : 51
Data de inscrição : 18/11/2018

Database
HP:
11/29  (11/29)
EP:
0/10  (0/10)
EXP:
230/300  (230/300)

MensagemAssunto: Re: Nebulosa sombria   Qui Nov 29, 2018 1:07 pm

*É, já não tinha muito o que fazer, teria que avançar seguindo as instruções do ciborgue que era seu atual mestre temporário... Só que bem, não tinha armas e nem de longe parecia ser um guarda, isso sem contar que por ordens pacifistas não existem androides como ele em funções de combate ou vigia e sim apenas em coisas simples como diplomacia e tarefas gerais como lavar, cozinhar, servir, etc, etc, consequentemente mesmo dois guardas patetas poderiam estranhar haverem maquinas inteligentes patrulhando, piorou desarmadas... Teria que improvisar*

Ah é, as bebidas... Bem, torça para eu sair vivo dessa, gatinha, bora fuleco.
*Riu um pouco sem jeito, não por estar timido por aquela beldade mestiça e sim porque, bem, ele com sua labia ta devendo uma grama pra Melroa até hoje por ela ter salvo Heylel da morte, poise, Cody não é do tipo que costuma pagar suas dividas, se bobear só não estava com seu nome no SERASA por ser um robo*

-Watch dogs 13? Caraleo, que foda, eu sempre quis um desses sabia? Ok, concentração, esse é o sinal, hora do show! *Avançou abaixado para minimizar o som e chegar furtivamente, ao menos o máximo que poderia para se aproximar o bastante para poder fazer sua função que era distrair aquela dupla*

-AE OTÁRIO, SEGURA ESSA! SUPER CHUTE PLUS GAMA!*Segurando a bola metálica que era o familiar de Wilhelm debaixo do braço, Cody usou seu sistema para avaliar a situação fazendo diversos cálculos precisos enquanto soltava o coitado do aliado e antes que ele caísse no chão simplesmente meteu a bicuda dando um chutaço foda que lançou o outro sintético na cabeça do homem. Graças a isso a pequena esfera parou dentro do contêiner, uma jogada proposital*
Spoiler:
 

-INAZUMA ELEVEN 7 AQUI CARAI, SUPER CARRINHO DELTA! *Depois da bolada ele saiu correndo como um verdadeiro atacante saltando no chão dando um carrinho na mulher só que sem acerta-la já que alguns centímetros antes se levantou rapidamente -permanecendo abaixado- e usou de suas mãos robóticas para segurava na barra superior da calça -mesmo se fosse um colã espacial por se tratar de um traje- e simplesmente puxou para baixo rasgando o tecido se fosse preciso para deixa-la de calças arriadas causando um possível constrangimento não só nela como também em seu aliado por razões obvias... Imaginou que essa seria a forma perfeita de tomar total atenção dos dois*

-JOGO DE CORPO MEGA BLASTER ALPHA! *Empurrou a garota pra cima do cara com as calças arriadas mesmo aproveitando o momento vergonha alheia que durou alguns segundos, ela que por estar sem equilibrio com o tecido no joelho provavelmente iria cair e ele por estar constrangido iria ter um leve "retardo mental" na hora que ela fosse pra cima dele causando a queda de ambos um em cima do outro. Aproveitou daquela situação para mandar uma mensagem pro Fuleco dizendo para ele permanecer dentro do conteiner, escolher uma arma bacana e atirar com ela dali de dentro na dupla para pega-los de surpresa*

Spoiler:
 


Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
SIDA
Admin
avatar

Mensagens : 186
Data de inscrição : 29/07/2015

Database
HP:
1/1  (1/1)
EP:
1/1  (1/1)
EXP:
1/1  (1/1)

MensagemAssunto: Re: Nebulosa sombria   Qui Nov 29, 2018 4:59 pm

Tudo foi extremamente rápido... e confuso. Os dois oficiais estavam garantidos que ninguém apareceria no Arsenal, e ainda que enfrentassem problemas, tinham o treinamento adequado para lidar com a situação. Mas não existe na galáxia inteira um treinamento para lidar com aquela situação.

Em um piscar de olhos, os dois estão totalmente amontoados e sem-jeito. Sirus está tendo o melhor dia de sua vida, e Nyla só pode se perguntar porque logo naquele dia ela precisava estar com a calcinha de florzinhas. Isso arruinaria totalmente sua imagem severa.

Os dois nem imaginam que há uma mente por trás disso. Wilhelm pôde usar com maestria os poucos recursos que tinha para conseguir uma saída criativa sem confrontar os dois, que provavelmente têm um treinamento de combate muito maior do que o dele. Agora estão ambos ainda boquiabertos com as ações confusas do androide, encabulados por suas situações atuais e rendidos por um pequenino robô. Tudo o que podem fazer é erguer suas mãos em submissão.

Seja lá o que diabos for isso, nos rendemos. — A garota diz, com mais atitude que seu parceiro. — Mas outros irão atrás de vocês, assassinos! Vocês não vão sair dessa nave impunes.

Sirus resume-se a alternar seus olhos entre a pequena bolinha azul que o rende e o androide falastrão, claramente envergonhado por aquela ser sua primeira experiência com combate.

N-Nos poupem! Me disseram que vocês usam reféns para experimentos terríveis! Por favor, não coloquem aquela coisa azul na gente. Eu prometo que não conto pra ninguém... ser um ciborgue deve ser até legal, sabe? 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://greyage.forumeiros.com
Wilhelm

avatar

Mensagens : 38
Data de inscrição : 17/11/2018

Database
HP:
20/20  (20/20)
EP:
12/12  (12/12)
EXP:
160/300  (160/300)

MensagemAssunto: Re: Nebulosa sombria   Qui Nov 29, 2018 5:19 pm

Enquanto Cody distraía os dois soldados com o seu show envergonhoso, Wilhelm aproveitava a deixa para rolar a sua esfera metálica em direção ao androide, parando logo à frente dos dois soldados. Preparando a situação a seguir com um suspiro, o jovem ciborgue sacava sua pistola e surgia na sala em uma certa distância, mirando a arma na cabeça de Sirus.

No mesmo momento, a esfera era descompactada e dela, materializava-se um coelho metálico e bípede de um único olho. Eisen saía voando do container com uma pistola em mãos, também mirando em direção aos dois.

É o seguinte. Eu quero os uniformes e as armas de vocês. — Disse, sério (na verdade inexpressivo) como sempre. — É bom não tentarem nenhuma gracinha, pois eu lhes garanto que estes robôs têm velocidade de reação melhor do que as suas. — Na visão de outrém, a inexpressividade de Wilhelm poderia parecer com a de um garoto já iniciado na "vida de assassino". Seu tapa-olho, junto com as inúmeras cicatrizes em seus braços que foram recém adquiridas com o doutor, talvez reforçassem aquele "fato".

Mas na verdade, ele era apenas um otaku autista que almoçava e jantava salgadinho de batatas terráqueas. Sem falar que na cabeça dele, imaginava que estava agindo exatamente como um protagonista fodão de suas fantasias prediletas. A única diferença é que ele possuía treinamento básico em combate. E tinha botas estilosas.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Heylel

avatar

Mensagens : 51
Data de inscrição : 18/11/2018

Database
HP:
11/29  (11/29)
EP:
0/10  (0/10)
EXP:
230/300  (230/300)

MensagemAssunto: Re: Nebulosa sombria   Qui Nov 29, 2018 5:46 pm

*Cody cruzava seus braços enquanto via seu companheiro sintético que era praticamente um anão sair armado do conteiner mantendo aquela dupla rendida... Aquela cena estava simplesmente hilária por mais que o androide estivesse feliz com seus feitos tendo até certo orgulho do que fez*

"-Nice butt." *Comentou sobre aquela garota da Aliança agora ficando em silencio para não estragar o climão fodão que Wilhelm causou ali, queria parecer uma maquina experiente e própria para o combate por mais fosse nada disso, bem pelo contrário. Foi até o contêiner e pegou uma bela arma que saberia usar mesmo que sem proficiência só para botar ainda mais banca*

-Ouviram ele? Vamos, tirem suas roupas e nos entreguem seus equipamentos, se tentarem alguma gracinha a calcinha rosinha e florida da garota bundudinha vai parar em toda a rede da Aliança e da Reconquista. *Apontou a arma para a dupla, parecia ser um fuzil de assalto só que bem mais avançado dado o ano em que estão, dã. Ali, ele se lembrou do pessoal que precisava de ajuda na area de carga onde Heylel nao foi para salvar suas filhas e esposa... É, nao eram bem isso mas é quase isso dado a convivencia e os caraleo*

-Nos chamam de assassinos? Então provem que são diferentes de nós, existem feridos em uma area dessa nave, vocês viram comigo, sim, sem roupa mesmo, se fizerem isso eu apago as fotos e os deixo voltar para seus aliados sem nenhuma substancia azul no sangue de vocês, vamos, levantem, tirem tudo e me acompanhem, vocês não tem opçao. *Ficou ali esperando que tudo fosse se resolver tranquilamente já que agora os inimigos estavam totalmente rendidos, ou ao menos era o que parecia seguindo então mirando com precisão já que por mais que fosse um mero amador, sabia fingir muito bem ser um profissional*


Última edição por Heylel em Qui Nov 29, 2018 7:50 pm, editado 2 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
SIDA
Admin
avatar

Mensagens : 186
Data de inscrição : 29/07/2015

Database
HP:
1/1  (1/1)
EP:
1/1  (1/1)
EXP:
1/1  (1/1)

MensagemAssunto: Re: Nebulosa sombria   Qui Nov 29, 2018 6:24 pm

Citação :
N-Nyla... eu acho melhor que nós aceitemos. Não têm como lutarmos de volta nessa situação! Ele parece experiente, e controla várias unidades móveis que eu nem entendo! 

Sirus é claramente medroso, o que combina bem com sua cara de filhinho de papai. Seu brasão é simples e não ostenta nenhum detalhe especial, indicando que de fato é um iniciado no exército.

Spoiler:
 

Mas nem fodendo! — A soldado vocifera, a jeitando suas calças e encarando com fúria o jovem rapaz. — Você está indo longe demais, eu lutei e estudei por esse brasão no meu peito! Tudo pra proteger um ordem que você viola. Não é um nerdzinho de merda que vai tirar meu maior orgulho de mim.

Nyla parece convicta de seus ideais. Seu rosto é delicado mas marcado por uma forte cicatriz, o que retrata bem sua personalidade forte em um corpo sutil. Ela parece disposta a lutar pelo que acredita mesmo que esteja encurralada.

Spoiler:
 

— É, até que deu certo por mais que fosse ridículo. Apesar da menina se fazer de durona, é claro que eles dois são iniciantes. — Diz a mestiça que acompanha Wilhelm, se aproximando com os braços cruzados. —  Que tipo de soldado útil estaria colocando armas em containers afinal? Por que nós simplesmente não nos livramos deles?


A garota exibe um sorriso sádico enquanto pisa com força no joelho do soldado que está no chão, provocando um alto gemido de dor. É conhecido que os Jhayesianos costumam ser sérios e por vezes cruéis, mas essa garota parece especialmente estranha.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://greyage.forumeiros.com
SIDA
Admin
avatar

Mensagens : 186
Data de inscrição : 29/07/2015

Database
HP:
1/1  (1/1)
EP:
1/1  (1/1)
EXP:
1/1  (1/1)

MensagemAssunto: Re: Nebulosa sombria   Qui Nov 29, 2018 9:35 pm

— Não vale a pena, Nyla! Vamos, não é tão ruim assim. Os seus pais vão entender, você não está decepcionando ninguém.

O rapaz já se prontifica a realizar a ordem de Wilhelm, mas sua parceira continua relutante. Agora cabisbaixa, ela tenta em vão conter uma lágrima diante da situação onde está. Ela certamente não pensou que estaria nessa situação ao aceitar aquela tarefa.

Nyla sente-se inútil, incapaz de servir o propósito ao qual dedicou tanto tempo de sua vida. Como muitos outros, a jovem foi criada odiando a ordem rebelde mas, diferentemente da maioria, ela possui marcas no seu rosto que a lembram do que passou a cada vez que olha no espelho. Ela não foi capaz de seguir em frente como Sirus e os outros conseguiram. Sua maior motivação é honrar o manto pelo qual batalhou, e agora seria obrigada a entregá-lo para aqueles que ela deveria combater.

Envergonhada e humilhada, ela pressiona um botão em sua cintura que libera a armadura, deixando-a apenas com a roupa simples que veste por baixo do traje. Enquanto o faz, não encara seus agressores por um segundo sequer. No momento, é uma questão de viver para lutar outro dia.

Tocado pela atitude da colega, Sirus faz o mesmo. Sempre a vira extremamente dedicada e forte, mas naquele momento seria diferente. Ele sabe que aquele dia será um marco na vida de Nyla, e mal pode imaginar o que pode vir dela.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://greyage.forumeiros.com
Melroa

avatar

Mensagens : 34
Data de inscrição : 17/11/2018

MensagemAssunto: Re: Nebulosa sombria   Qui Nov 29, 2018 9:46 pm

Assim que viu Heylel entrando na nave, fez um enorme 'facepalm' mental. Quanto mais tentava se afastar de confusão, mais afogada nela ficava. Encolheu imediatamente os ombros e soltou o melhor grito agudo que tinha, correndo para onde o guarda mais afastado estava. — Eu não o conheço! Não sei quem é. Pare de ficar me acusando, tem fetiche em meninas bandidas por acaso?! Vamos, faça alguma coisa, pega ele! Ah, pera, dentro da minha nave não. Essa merda aqui não foi parida, vão brigar lá fora por favor!

Conforme falava, deslizava até os controles da nave, digitando de forma sutil de forma que ela ligasse. — Eita merda apertei alguma coisa aqui, foi mal. — Deu um meio sorriso enquanto olhava para Heylel e em seguida para a porta. Esperava que ele entendesse o recado, mas com o cérebro diminuto de um escravo duvidava muito que aquilo acontecesse.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: Nebulosa sombria   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Nebulosa sombria
Voltar ao Topo 
Página 3 de 7Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6, 7  Seguinte
 Tópicos similares
-
» O Pote Vazado
» Projecto Shadow Geist "Mente Sombria"

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
A Era Cinzenta :: Zona RPG :: Campanhas pela Reconquista-
Ir para: