Um fórum de RPG interpretativo com tema futurista, livre para quem se interessar e que utiliza de um sistema simples para que qualquer jogador possa entender.
 
InícioCalendárioFAQBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se

Compartilhe | 
 

 Nebula - Trinity

Ir em baixo 
Ir à página : 1, 2, 3, 4, 5, 6  Seguinte
AutorMensagem
Ariete

avatar

Mensagens : 66
Data de inscrição : 19/08/2018

MensagemAssunto: Nebula - Trinity   Sex Set 21, 2018 4:02 pm

Neteros - Yengani


Neteros é um dos planetas mais lindos de todos aqueles habitáveis. Suas águas são ricas em um elemento único do planeta, não tóxico e de coloração característica. Por conta disto, das vastas regiões tropicais intactas e pelo alto padrão de vida, a capital Yengani se tornou o lar dos ideal para todos com a fortuna necessária para conseguir uma residência ali. Nesse contexto, porém, donos de grandes fábricas e elitistas mesquinhos aproveitam do local para esbanjar-se em suas vidas guiadas pela ganância e pela luxúria. Todos dizem que Yengani é o melhor lar com os piores vizinhos.


Passar as férias no local é algo fantástico, mas viajar a trabalho pode ser cansativo e burocrático. Para compensar tudo isso o trabalho tinha que ser bem pago, mas realizado com maestria por um bom profissional. O caso de Morgka não era tão diferente de um executivo no final das contas.

Citação :
Citação :

815521- Protocolado

Gheela Dassana é uma empresária Kroyvisiana de meia idade, cabelos grisalhos em um topete curto e olhos azuis claros. Ela dirige uma empresa metalúrgica em Marmihn, seu planeta natal, mas a exploração com os funcionários é obvia e intolerável. Atualmente, reside na cobertura de uma filial de sua empresa localizada em Neteros, junto com seus filhos que também possuem parte da metalúrgica e contribuem para tal política.
Em um planeta onde os pobres vivem à margem dos ricos e sustentam suas utopias, a exploração já não tem outra saída. Venho por meio desse contrato encomendar a morte de Gheela Dassana com todo o dinheiro que possuo. Preciso de alguém que faça o trabalho bem feito, silencioso e que possa fazer com três tiros.


Última edição por Ariete em Dom Set 30, 2018 2:45 am, editado 3 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Ariete

avatar

Mensagens : 66
Data de inscrição : 19/08/2018

MensagemAssunto: Re: Nebula - Trinity   Sex Set 21, 2018 4:03 pm





Participantes               Missão
   TrinityDescobrir a localização da filial
Matar Gheela Dassana
Rhys Larren     Encontrar a mercenária       
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Trinity

avatar

Mensagens : 56
Data de inscrição : 21/09/2018

MensagemAssunto: Re: Nebula - Trinity   Sex Set 21, 2018 4:25 pm

Uau. Isso sim é trabalhar com estilo. ― Coloquei meus óculos escuros enquanto observava os prédios. Obviamente eu não usava minha roupa de trabalho, no lugar dela usava um maiô preto que mostrava mais da minha pele do que tampava. Afinal ir até Neteros e não dar um mergulho era o maior desperdício do universo. Coloquei uma camisa de botões por cima e segui para dentro do hotel. Segui até a recepção, abaixando um pouco os óculos para conseguir enxergar um pouco melhor. ― Hm, com licença? Alguém poderia me ajudar?
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Rhys Larren

avatar

Mensagens : 28
Data de inscrição : 18/09/2018

MensagemAssunto: Re: Nebula - Trinity   Sex Set 21, 2018 5:03 pm

A segunda nave era legalzinha, até. Infelizmente, isso não mudava o fato que eu ia ter que sair e encontrar mais pessoas, em vez de trabalhar no meu mais novo bebê ― que inclusive tinha ficado na nave, como garantia de que eu voltaria. Estava chegando em Neteros, mais especificamente em Yengani para encontrar uma de nossas parceiras. O problema era que a mulher podia ser uma completa maluca! Me colocaram pra ir atrás de uma doida assassina, mereço?

Claro que merece, Rhys! De qualquer forma, era hora de aterrissar. Algo pareceu dar errado, afinal a minha nave por algum motivo de Jesus despencou uma altura considerável antes de eu me levantar em um salto, realizando os comandos necessários naquele enorme painel azul para ela voltasse a planar. Mesmo que eu conseguisse, ela ainda cambaleava levemente. Tinha que dar problema justo agora? Respirou fundo, tentando estabilizar a DROGA da nave com alguns toques aqui e outros ali, agoniada para pousar logo.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Ariete

avatar

Mensagens : 66
Data de inscrição : 19/08/2018

MensagemAssunto: Re: Nebula - Trinity   Sex Set 21, 2018 5:20 pm

Os controles da nave já não respondem aos comandos de Rhys, e uma colisão parece inevitável. Nos últimos instantes, o dispositivo de segurança da nave é ativado e uma onda magnética é disparada debaixo desta para impedir a colisão direta e amortecer os danos afim de reduzir o prejuízo. A nave então atinge o solo e arrasta-se por mais alguns metros antes de finalmente parar, junto com seus sistemas.

Um grupo de técnicos da pista de pouso mais próxima e também seguranças vão até lá para ver se algo grave havia acontecido, mas a colisão não fora forte o suficiente para fazer mais do que alguns arranhões na piloto. Do fundo dessa pequena multidão, surge um engenheiro humano com um uniforme característico dos funcionários daquele porto.

- Mas que horrível! Tomara que não tenha sido nada grave. - Diz, aparentemente desesperado. - Não se preocupe, eu vou cuidar de você!

Esse tom de preocupação é totalmente quebrado quando ele dirige-se a um dos impulsores da nave e examina-o cautelosamente. Estava visivelmente mais preocupado com o veículo do que com a garota dentro dele.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Ariete

avatar

Mensagens : 66
Data de inscrição : 19/08/2018

MensagemAssunto: Re: Nebula - Trinity   Sex Set 21, 2018 5:36 pm

Os luxuosos e garbosos moradores de Yengani são muito menos preocupados com diversão do que Morgka, uma vez que estão na beira da piscina conversando, negociando ou até mesmo exibindo toda a sua riqueza. Por conta dela, seu mergulho praticamente evidencia que ela é uma turista.

Apesar de estar no planeta natal dos Iormashianos, o que menos se vê são membros dessa raça. Isso porquê eles praticamente venderam lotes de seu planeta natal para se tornarem moradia para aqueles dispostos a pagar quantidades exorbitantes para apenas ter sua moradia ali, que por acaso também é passível de um alto aluguel. Na verdade, o que mais se vê são Kroyvisianos e humanos, duas das raças que mais lucram nos últimos tempos.

Já na recepção, não se vê praticamente ninguém. Quando a garota se dirige ao balcão, na realidade, um pequeno retângulo azul gira e lentamente sai de dentro da mesa. Uma vez fora desta, membros se revelam junto com uma luz circular no centro de seu corpo.

Olá, o meu nome é CTO3-HS5. Você pode me chamar de Cody. ― A voz sintética diz em um tom que tenta simular simpatia. A luz em seu centro brilha conforme ele fala. ― Diga-me seu nome e como posso te ajudar. Será um prazer! Bi-bop.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Trinity

avatar

Mensagens : 56
Data de inscrição : 21/09/2018

MensagemAssunto: Re: Nebula - Trinity   Sex Set 21, 2018 5:45 pm

Praguejei mentalmente assim que vi o robô. Isso iria me atrasar consideravelmente na busca de informações, mas nada com o qual eu não poderia lidar. Rapidamente abri um enorme sorriso, colocando o óculos em cima da cabeça e apoiando meus braços no balcão. ― Que fofo! Cody, né? Meu nome é Myla, eu fiz uma reserva. Eu gostaria de pedir para enviar um jantar para o meu quarto. Ah, e com bastante carne, viu? ― Pisquei na direção do robô. Olhei ao redor, cantarolando baixinho e reparando nas estruturas do local. Assim como as pessoas ali por perto.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Ariete

avatar

Mensagens : 66
Data de inscrição : 19/08/2018

MensagemAssunto: Re: Nebula - Trinity   Sex Set 21, 2018 6:05 pm

O pequenino robô fica em silêncio por um tempo enquanto sua luz pisca em um tom amarelado e suave. Por fim ele processa a informação recebida e já está pronto para dar uma resposta.

O nome... "MYLA"... se encontra no meu registro. Boa tarde, Myla! ― Quando o robô cita o nome, um tom diferente da voz sintética toma conta. A verdade é que aquele é um antigo modelo ajudante, mas agora ultrapassado. Suas funções se resumiam a coisas simples como aquela. ― Eu irei processar o seu pedido imediatamente. Peço perdão se isso demorar um pouco, meu modelo é desatualizado mas eu farei o máximo que meu processador puder para realizar o seu pedido! Bi-bop.

Ao redor, Morgka vê apenas comerciantes conversando ou turistas aproveitando a vista, nada fora do usual.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Trinity

avatar

Mensagens : 56
Data de inscrição : 21/09/2018

MensagemAssunto: Re: Nebula - Trinity   Sex Set 21, 2018 6:28 pm

Um sorriso se desenhou em meus lábios ao receber a confirmação. Usei a mão direita para acenar, demonstrando que não ligava tanto para aquilo. ― Ah Cody, não liga pra isso não. Você pode fazer tudo que quiser fazer, anime-se! ― Então endireitei minha postura, deixando-a um pouco mais ereta enquanto deitava ambas as mãos no balcão. Continuava a encarar o ambiente ao meu redor, olhando para as pessoas, cantarolando uma melodia aleatória.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Ariete

avatar

Mensagens : 66
Data de inscrição : 19/08/2018

MensagemAssunto: Re: Nebula - Trinity   Sex Set 21, 2018 6:38 pm

Morgka percebe tão mal o ambiente ao seu redor que nem nota quando um Garesiano também distraído tromba com ela em meio a sua trajetória. O impacto inusitado faz com que ele caia no chão e deixe cair seu computador portátil, o qual emite um display com uma lista de nomes. Dentre esses, ela pode ver de relance o nome "Dassana", mas nada além disso.

― Oh, céus. Eu sou o gerente do local, peço que perdoe-me. ― Ele metralha as palavras, desesperado com o erro que acabara de cometer.― A senhorita está bem?
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Trinity

avatar

Mensagens : 56
Data de inscrição : 21/09/2018

MensagemAssunto: Re: Nebula - Trinity   Sex Set 21, 2018 6:49 pm

Wow! ― Meu corpo foi de encontro ao balcão quando senti o baque. Fiquei furiosa com minha distração, mas assim que me virei para ver o que tinha acontecido, quase salivei de animação. Uni as sobrancelhas, procurando demonstrar uma preocupação que eu não tinha. ― Ai nossa, você está bem? Não se preocupe com isso! ― Logo me abaixei, estendendo uma mão em sua direção enquanto pegava o dispositivo com a outra. Coloquei ele no meu bolso, fingindo que iria ajuda-lo a se levantar, caso ele não notasse, obviamente o levaria comigo. ― Não está machucado? ― Dei o meu melhor sorriso enquanto o olhava em seus olhos.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Ariete

avatar

Mensagens : 66
Data de inscrição : 19/08/2018

MensagemAssunto: Re: Nebula - Trinity   Sex Set 21, 2018 7:16 pm

― Imagine! Eu estou b-bem, muito bem. Tem algo que eu possa fazer para compensar esse descuido? ―  Ele diz enquanto bate sua roupa quando se levanta e recupera seu container, nem mesmo se dando conta da falta do computador pessoal. Mais tarde, porém, poderia notar a ausência deste.

Enquanto isso, as pessoas ao redor que perceberam a confusão já retomam suas atividades anteriores. Ninguém notou a ação de Morgka aparentemente, mas Cody permanece ativo ao lado desta.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Trinity

avatar

Mensagens : 56
Data de inscrição : 21/09/2018

MensagemAssunto: Re: Nebula - Trinity   Sex Set 21, 2018 7:25 pm

Levantei-me, mantendo o sorriso nos lábios e o expandindo ainda mais quando ouvi sua oferta. ― Ah! Isso é perfeito. Sabe, eu acabei de comprar uma casa aqui. E ela está em reforma por um tempo, por isso estou no hotel. Mas infelizmente conheço muito pouco do planeta, incluindo sua culinária local. Você poderia me acompanhar num jantar? É que eu tenho estomago sensível, se eu acabar comendo algo errado... Ah, papai ficaria furioso. Ele é um homem complicado de lidar, sabe? Foi ele quem me deu essa casa! ― Coloquei a mão em minha barriga, abraçando-a quando disse do falso problema nela. Fiz um bico quando falei do 'meu pai', tentando soar como uma jovem inocente e mimada que tinha muito dinheiro para gastar ali. Pisquei meus olhos inocentemente, novamente encarando-o nos olhos.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Rhys Larren

avatar

Mensagens : 28
Data de inscrição : 18/09/2018

MensagemAssunto: Re: Nebula - Trinity   Sex Set 21, 2018 8:03 pm

Porra, caralho, pUTA QUE PARIU ― gritei ao falhar, sentindo a nave despencar de onde estava. Por estar em pé, acabou que meu corpo viajou com o solavanco, batendo em uma das janelas e caindo no chão; tudo começou a doer por algum tempo, mas a única coisa que fiz foi me levantar, respirando fundo e gemendo com a dor que aquilo me causava. ― Puta merda, hoje é o dia...

Resmunguei, mas movi meu corpo de um lado para o outro para colocar o que quer que tivesse saído no canto nele mais uma vez. Bom... hora de sair. Felizmente, a parte interior da nave estava intacta ― mesmo que uma coisa ou outra tivesse saído do lugar ―, então eu não teria muitos problemas com aquilo. Peguei minha mala e sai andando pela nave na direção da saída, chutando algumas coisas que estavam no caminho e dando o comando de abrir a porta, que ficava no painel ao seu lado.

Um, dois. A porta abriu, mas não completamente, travada devido ao impacto.

― Ah, era só o que me faltava ― reclamei. Okay, já sei o que pode resolver. Vai dar tudo certo, Rhys Larren. Só manter a calma. Quando terminei meus pensamentos, dei dois chutes na porta que fizeram com que ela abrisse, a passarela que devia abrir se estirando no chão com um barulho enorme que não deveria ser assim. Coloquei a máscara, desfilando por lá como se fosse a maior gostosona.

Quando desci, pude ver um carinha babando minha nave. Era só o que me faltava, de novo. Me aproximei lentamente dele com um "Caham", abrindo um pequeno sorriso.

― Com licença, sr... ― a voz dela saia abafada por conta da máscara, mas não tirava nenhum ponto de sua beleza. ― Eu precisava de um lugar pra guardar essa máquina, e de algumas informações. Podemos?
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Ariete

avatar

Mensagens : 66
Data de inscrição : 19/08/2018

MensagemAssunto: Re: Nebula - Trinity   Sex Set 21, 2018 8:53 pm

Qualquer um que conhece o gerente não o reconheceria, afinal ele estava encantado por alguém de outra raça mesmo sendo extremamente preconceituoso. O conceito de atração para os Garesianos era diferente, afinal eles procriavam apenas para manter a espécie e muito raramente criavam vínculos. O que sentia por aquela moça era uma vontade de conhecê-la melhor, conversar e dividir conhecimento. Não estava atraído por sua aparência e sim por seu jeito de falar e pelos seus trejeitos.

― C-Claro, sem problemas. Quando você quer ir, agora mesmo? Ou mais tarde? Ou talvez já deveríamos estar lá? Aliás! Cody, pare de contar a diária dessa moça, eu mesmo pagarei pela estadia dela. ― Ele disse rapidamente, engolindo umas letras aqui ou ali. Impaciente, chacoalhou o robô que tentava assimilar aqueles comandos. ― Vamos sucata, funcione. Eu paguei caro por você na época!!! Argh... me diga, senhorita, quando quer sair para o jantar?

O robôzinho confuso demorou alguns instantes para entender a ordem em meio ao falatório desesperado do gerente, mas o fez após alguns segundos da luz amarela piscando.

Está feito, senhor. Cody pede perdão pela demora, ele está fazendo o máximo que seus processadores permitem para obedecer a sua ordem.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Ariete

avatar

Mensagens : 66
Data de inscrição : 19/08/2018

MensagemAssunto: Re: Nebula - Trinity   Sex Set 21, 2018 9:11 pm

Rhys se livra da nave desfuncional com apenas alguns arranhões, mas o mesmo não pode ser dito sobre o impulsor traseiro do veículo. Com o conhecimento que têm sobre aeronáutica, a garota sabe que a fumaça que o mesmo libera não quer dizer nada bom, e provavelmente precisaria de um ou dois dias para ser reparado.

― Precisa de aulas de pilotagem também, querida? ― Ele diz em um tom sarcástico, ainda focado na nave. ― Senhores, cuidem disso. Consigam uma nave maior e transportem essa aqui para a pista de pouso, verei o que posso fazer mais tarde.

Ele dirige-se com autoridade aos outros que estavam no local, indicando que provavelmente têm bagagem e manda alguma coisa no lugar. Finalmente ele dirige-se a garota, cruzando os braços e olhando-a de cima a baixo. Não pode conter o torcer dos lábios e o arquear de suas sobrancelhas.

― Meu amor, você está um caco. Mas diz pra mim, do que você precisa? ―Embora debochado, o engenheiro pare cooperativo. Enquanto fala, caminha para longe das outras pessoas.

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Trinity

avatar

Mensagens : 56
Data de inscrição : 21/09/2018

MensagemAssunto: Re: Nebula - Trinity   Sex Set 21, 2018 9:50 pm

Minha expressão ficou indiferente enquanto eu o observava sacudir o robô. Mas logo voltei a sorrir quando ele me perguntou. ― Claro, agora mesmo! Mas, eu poderia ir me trocar antes? Você me espera no restaurante do hotel? ― Observei ao redor, notando que todos estavam estranhando, tentei me conter em minha atuação. Provavelmente não tinha sido uma boa ideia ir pra lá com poucas informações daquele planeta. Mas estava tudo indo bem, então qual o problema?
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Rhys Larren

avatar

Mensagens : 28
Data de inscrição : 18/09/2018

MensagemAssunto: Re: Nebula - Trinity   Sex Set 21, 2018 10:13 pm

― Na verdade, preciso sim. Meu pai morreu tentando ― eu disse no mesmo nível de sarcasmo, ainda que fosse uma piada. Ele morreu mesmo. Mas não assim. De qualquer forma, eu não tinha gostado nada nada do que ele havia dito, e não era minha culpa se o CACETE DA NAVE PAROU DO NADA. Enfim! Continuei sorrindo para o debochado, mesmo que ele não merecesse. O cara ainda me olha de cima a baixo, credo. Tá me olhando por que?

― Eu vim de outro planeta em uma missão ― comecei a acompanha-lo, arrastando minha mala. ― Atrás de uma moça muito importante. Mas, não me deram informação sobre onde eu poderia ficar, nem nada do tipo. Meu chefe é meio assim, então... ― riu sem graça, bagunçando o cabelo. ― De qualquer forma, eu preciso de algumas informações e um lugar pra ficar.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Ariete

avatar

Mensagens : 66
Data de inscrição : 19/08/2018

MensagemAssunto: Re: Nebula - Trinity   Sex Set 21, 2018 11:53 pm

Em uma mesa reservada e mais afastada do restaurante do hotel, o gerente está sentado e impaciente. Como todo bom Garesiano, ele leva o horário muito a sério e já está esperando mesmo que vinte minutos antes do combinado. Já pediu algumas bebidas e está atualmente em busca de seu computador portátil em seu bolso... aonde está seu computador portátil?
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Ariete

avatar

Mensagens : 66
Data de inscrição : 19/08/2018

MensagemAssunto: Re: Nebula - Trinity   Sab Set 22, 2018 12:05 am

Adin é um Kaarteoniano cheio de prestígio nos territórios rebeldes e letal nos territórios da aliança. Sua maneira de trabalhar é fria e perfeccionista, e deve ser por isso que ele ostenta o orgulho de jamais ter falhado uma missão sequer. Daquela vez não foi diferente: passou por cima da encriptação de mensagens da aliança, descobriu sobre o satélite perdido e traçou um plano para tomá-lo em prol da causa.

Seu agente é novato, mas suas raízes trazem muito prestígio. Daniel é um rapaz jovem e com futuro promissor, e uma missão daquelas é um presente para que o garoto suba na hierarquia da reconquista. No final das contas, Adin fez a maior parte do trabalho. Após interceptar as mensagens e rastrear os agentes da Aliança, transformou-se num engenheiro humano e enganou Rhys para hospedá-la em uma pequena pousada do local, a qual já havia informado a localização para seu agente. A nave da menina está também sob controle do Kaarteoniano e, por isso, ela deixará o planeta apenas quando ele quiser que ela deixe. 

- Ela está na posição indicada. Você sabe o que fazer, não estrague tudo e teremos um progresso. Precisamos daquele satélite. - Ele diz em seu comunicador e prepara-se para deixar aquele planeta. Seu trabalho está concluído.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Trinity

avatar

Mensagens : 56
Data de inscrição : 21/09/2018

MensagemAssunto: Re: Nebula - Trinity   Sab Set 22, 2018 12:33 am

Eu estava no elevador, de costas para a câmera enquanto mexia na minha bolsa e fingia que estava retocando o batom, quando na verdade estava mexendo naquele dispositivo pré histórico. Para um planeta tão cheio de gente rica, ali era bem podre. Quando obtive sucesso, voltei a guarda-lo em minha bolsa, dando um sorriso de orelha a orelha. Assim que cheguei no restaurante, e modéstia a parte eu era bem pontual com meus compromissos, pude avistar meu alvo de longe. Eu tinha aproveitado o tempo para pesquisar mais sobre aquele planeta, e com isso descobri que eu simplesmente sou muito boa no que faço. Nunca ia conseguir faze-lo pensar com a cabeça de baixo, porque para eles o que realmente interessa é a de cima.

Esperou muito? ― Sentei na cadeira, cruzando as pernas logo em seguida. Abri minha bolsa de mão, retirando o celular dali. ― Desculpe, assim que você saiu hoje mais cedo eu reparei nisso aqui jogado no chão bem lá no canto. Mas quando fui ver você estava bem longe... Aliás, o que isso? ― Perguntei de forma inocente, mas bem menos insinuosa como eu normalmente faria. Ao invés disso, adicionei uma pitada de interesse real em adquirir conhecimento, como se estivesse em frente ao meu guru da sabedoria. Coloquei o celular na mesa, empurrando-o em sua direção.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Z’entrax

avatar

Mensagens : 33
Data de inscrição : 21/09/2018

MensagemAssunto: Re: Nebula - Trinity   Sab Set 22, 2018 12:43 am

*Viajando pelas estrelas seguindo por uma nave isolada e protegida, Daniel seguia olhando pela janela podendo ver a galaxia de tão "perto" com um sorriso morno na cara. Olhando pela janela, ele logo chegou naquele lugar paradisíaco sem estar devidamente pronto já que estava em missão, e parecendo humano, tudo ficava um pouco mais simples para suas atitudes se passarem desapercebidas*

-Ok, ok, você que manda. *Disse olhando para sua manopla que simplesmente sumiu dali como se tivesse entrado na pele do moreno que ajeitava suas roupas que o faziam parecer um empresário que estava ali não só para diversão, mas também a negócios*

"-Eu poderia fingir que era parceiro dela que veio a ajudar com as coisas, só que ela iria informar isso ao líder e isso entregaria meu disfarce, então a melhor forma de conseguir o que eu quero é faze-la me levar até o destino por conta própria sem saber muito a respeito de mim." *Ajeitava suas roupas e e ficava ali já parado frente a pousada esperando por Rhys com as mãos unidas e abaixadas frente a cintura, já havia se adiantado para estar ali antes dela com tudo devidamente pronto*

-Ola, você é a senhorita Rhys Larren, certo? E sou Daniel Silver e serei seu guia, gostaria que eu levasse suas bagagens até seu quarto? *Daniel já havia lido o "relatório" enviado a si por seu líder atual naquela missão e já sabia que ele faria a maior parte do trabalho hospedando aquela garota naquela pousada, então tudo o que restava ao rapaz ali era guiar ela para onde o mesmo já sabia que tinha que leva-la, nada demais por enquanto*
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Rhys Larren

avatar

Mensagens : 28
Data de inscrição : 18/09/2018

MensagemAssunto: Re: Nebula - Trinity   Sab Set 22, 2018 1:00 am

Passei um bom tempo na presença daquele cara chato que tinha me feito fazer uma piada com meus pais, até finalmente chegar na minha pousada. Honestamente, o que eu mais queria no momento era deitar numa boa cama e mexer no meu melhor-computador-da-galáxia, MCDG pros íntimos. Sim, esse é o nome do meu computador. Fui caminhando preguiçosamente ao descer do carro super não sei o que carregando minha mala, tinha um nome e me falaram, mas eu esqueci. Enfim! Traindo todas as minhas vontades, tinha um garoto me esperando na frente da pousada. Sabia até meu nome.

― Então, seu Silver... ― comecei, segurando minha mala pela alça. ― Não preciso muito, muuito de guia não, mas aceito que você leve a mala.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
SIDA
Admin
avatar

Mensagens : 115
Data de inscrição : 29/07/2015

MensagemAssunto: Re: Nebula - Trinity   Sab Set 22, 2018 1:11 am

O alien pode sentir seu corpo inquieto quando vê a moça se aproximar. Por um momento, pega-se pensando no que dizer ou se deveria elogiar sua aparência ou não. Sabe que outras raças de importam com tal banalidade, mas que poderia soar diminutivo.

- Poderia ter esperado mais se fosse preciso. - Ele diz, com o tom mais elegante que um Garesiano pode alcançar. Seu rosto se ilumina em felicidade quando vê seu aparelho antigo com a moça. - Oh, esplêndido! Você não deixa de ser surpreendente! Diga-me, está bem acomodada aqui?

Ele então guarda o aparelho e rapidamente volta a encarar a moça, não sem antes pressionar alguns botoes no painel da mesa, os quais acionariam um robô servente que em breve traria algo da cozinha.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://greyage.forumeiros.com
Ariete

avatar

Mensagens : 66
Data de inscrição : 19/08/2018

MensagemAssunto: Re: Nebula - Trinity   Sab Set 22, 2018 1:13 am

O alien pode sentir seu corpo inquieto quando vê a moça se aproximar. Por um momento, pega-se pensando no que dizer ou se deveria elogiar sua aparência ou não. Sabe que outras raças de importam com tal banalidade, mas que poderia soar diminutivo.

- Poderia ter esperado mais se fosse preciso. - Ele diz, com o tom mais elegante que um Garesiano pode alcançar. Seu rosto se ilumina em felicidade quando vê seu aparelho antigo com a moça. - Oh, esplêndido! Você não deixa de ser surpreendente! Diga-me, está bem acomodada aqui?

Ele então guarda o aparelho e rapidamente volta a encarar a moça, não sem antes pressionar alguns botoes no painel da mesa, os quais acionariam um robô servente que em breve traria algo da cozinha.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: Nebula - Trinity   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Nebula - Trinity
Voltar ao Topo 
Página 1 de 6Ir à página : 1, 2, 3, 4, 5, 6  Seguinte
 Tópicos similares
-
» ORPINGTON, Trinity Mabel

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
A Era Cinzenta :: Zona RPG :: Campanhas de confronto-
Ir para: